Tamanho da fonte: -A+A

A Nokia Siemens Networks terá um centro global de operações de rede (GNOC, na sigla em inglês) em São Paulo.

O investimento, de 15 milhões de euros, foi anunciado nessa quarta-feira, 27, na Futurecom. A previsão é de que a operação se inicie em janeiro de 2011.

Esse será o quinto centro do tipo no mundo, devendo abrigar 300 técnicos que atenderão até 20 milhões de assinantes na América Latina e Estados Unidos - hoje, a empresa tem um centro na Rússia, um em Portugal e dois na Índia.

Segundo o site Convergência Digital, a demanda na região atendida pelo GNOC brasileiro cresce a 9% ao ano, um ponto percentual acima da média mundial.

"As operadoras têm cada vez mais o desafio de criar novos serviços de valor adicionado, a preços acessíveis, para seus clientes", disse Armando Almeida, presidente da Nokia-Siemens para a América Latina, na apresentação do projeto.

Nextel e Oi estão entre os clientes brasileiros que serão atendidos pelo centro.

Para o executivo, pesou a favor do Brasil na hora da edscolha a infraestrutura de telecom adequada, disponibilidade de recursos humanos, quantidade de clientes e o ambiente econômico atual.