Tamanho da fonte: -A+A

Apologista da liberdade do usuário, a Oi passará a vender aparelhos subsidiados e sujeitos a multas por cancelamento, segundo informações da Info Online.

A promoção de final de ano do plano "Fale à Vontade", por exemplo, carrega uma multa de R$ 358 ao usuário, caso queira cancelar, diz a Info.

O valor passa a ser proporcional à quantidade de dias que faltarem para se chegar aos 12 meses contratados - e o cliente ainda perde todos os benefícios do plano imediatamente.

Quanto aos aparelhos, também serão adotados dois modelos. Sem contrato, sai por um preço, com contrato, haverá descontos - como fazem todas as outras operadoras. Eles devem chegar às lojas no início de 2012, só falta terminarem as negociações da Oi com os fabricantes.

Antes, o cliente Oi podia escolher o plano e, se de repente mudasse de ideia, tinha direito de desistir dele, trocar ou simplesmente pular para outra operadora.

Agora, isso permanece apenas em parte. Serão criadas alternativas com punições de fidelização.

Em 2009, a Oi veiculou uma propaganda contras as multas, afirmando que "multar os consumidores era o absurdo dos absurdos".

Hoje, até o site sobre portabilidade e notas sobre o fim das multas passou a redirecionar para outro endereço, com informações dos serviços da Oi.