Aparelhos da Apple com  sistema operacional iOS 4 ou superior mantém um arquivo registrando os movimentos dos usuários.

É o que apontaram dois pesquisadores americanos, que destacaram que o arquivo é transferido para computadores quando são sincronizados com os dispositivos da Apple e também informa o horário em que o usuário esteve em determinada latitude e longitude.

As informações documentadas no arquivo “consolidated.db” podem ser vistas por qualquer pessoa que tenha acesso ao iPod, iPad ou computador do usuário. O iOS 4 foi lançado em junho de 2010.

Quando o usuário troca seus gadgets por novos aparelhos, os dados sobre sua localização também são migrados para eles.

Os pesquisadores também tentaram encontrar em dispositivos Android, do Google, alguma brecha similar, mas não acharam. Procurada, a Apple não teria respondido aos cientistas.

“A Apple pode ter em vista novas features que requeiram um histórico da localização do usuário, mas isso é uma especulação”, disse ao jornal inglês The Guardian Peter Warden, especialista que participou da pesquisa.

Para Wardem, o fato de que os arquivos são transferidos junto com outros dados ao migrar o aparelho mostra que a coleta de informações “não é acidental”, ainda que os dados “não pareçam ser transmitidos para a própria Apple”.

Confira a matéria do The Guardian na íntegra pelo link relacionado abaixo.