O presidente executivo da Portugal Telecom, Zeinal Bava, inicia nesta terça-feira, 18, um road show junto a investidores dos Estados Unidos para tentar obter meios que lhe permitam disputar a liderança da Vivo, cujo controle a PT divide com a espanhola Telefónica.

Bava irá percorrer seis estados norte-americanos. Depois, partirá para a Inglaterra e outros países da Europa, em um esforço para convencer os acionistas da companhia a permanecerem a seu lado na rejeição à proposta da Telefónica, que ofereceu € 5,7 bilhões pelos 50% da PT na Vivo.

A negação do presidente é motivada pelo fato de a Vivo responder por quase metade das receitas do grupo português. Hoje, a operadora brasileira é um dos pilares da estratégia de negócio da PT, segundo Bava, e vender a participação na empresa iria contra os planos de crescimento da controladora.