http://www.flickr.com/photos/phylevn/2625318436/

O Brasil pode estar perto de ter uma oferta norte-americana de internet em banda larga via satélite.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo dessa quinta-feira, 13, o grupo Hughes confirmou os planos, com serviços voltados para os consumidores residenciais.

A empresa foi uma das vencedoras, em agosto, do leilão da Anatel para exploração comercial de posições orbitais brasileiras.

De acordo como jornal, a Hughes surpreendeu o mercado ao oferecer R$ 145 milhões por uma posição orbital, após acirrada disputa com a Sky. O preço significou um ágio de 3.500% sobre o valor mínimo definido pela agência reguladora.

A licitação ainda está em fase de recurso administrativo. A Anatel licitou quatro posições orbitais: duas foram arrematadas pela Hughes e duas pela Star One.

Os vencedores têm prazo de cinco anos para lançar o primeiro satélite, a partir da assinatura do contrato com a Anatel, e seis anos para lançar o segundo.

Há expectativa de que a Hughes vá concorrer com a Sky na oferta de TV paga via satélite.

Nos Estados Unidos, o serviço de internet via satélite está disponível a partir de US$ 40 (R$ 71) por velocidade de 1 Mbps, mas o preço varia conforme a localidade.

Leia a matéria completa da Folha de S. Paulo (para assinantes) nos links relacionados abaixo.