Os bancos norte-americanos JPMorgan Chase e UBS estão considerando permitir que seus funcionários acessem e-mails corporativos pelo iPhone e outros smartphones como alternativa ao tradicional BlackBerry.

A mudança na política dos bancos marcaria um novo golpe para a canadense Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, que tem visto suas ações caírem nos últimos tempos após diversos países ameaçarem bloquear serviços do aparelho, que não permite que governos monitorem o tráfego de dados entre celulares.

De acordo com a Reuters, o JPMorgan já estaria testando a segurança do iPhone e de outros aparelhos que usam o sistema operacional Android, do Google.

Ainda não é certo, no entanto, se o banco, segundo maior dos Estados Unidos em ativos, irá de fato permitir que seus funcionários troquem o BlackBerry por outros smartphones.

Quanto ao UBS, um porta-voz afirmou que o banco considera permitir o uso de iPhones por seus funcionários para checar suas mensagens eletrônicas de trabalho.