A AT&T e a Cisco foram escolhidas pela Shell para executar um projeto global de eficiência energética da multi do setor de combustíveis.

Entram no projeto relatórios sobre emissões de CO2 derivadas das operações de TI da empresa e mapeamento dos padrões de consumo de energia.

Segundo Alan Matula, diretor de informática da Shell, o projeto deve otimizar os sistemas ociosos, eliminar equipamentos redundantes e reduzir o espaço físico ocupado nos prédios.

A longo prazo, os serviços de eficiência energética de TI estarão incorporados na área mundial de TI da Shell, o que garantirá a consolidação e a virtualização de servidores e armazenamento, centros de dados e filiais.

Na divisão da parceria, a AT&T vai gerir uma parte significativa da infraestrutura de TI da Shell e os serviços de telecomunicações como parte de uma série mais ampla de contratos de terceirização.

O Grupo de Soluções de Negócios Internet da Cisco foi selecionado para executar a auditoria de consumo energético da infraestrutura de TI e apresentar recomendações.

Como parte do projeto, as ferramentas para gestão do consumo de energia, como a Cisco EnergyWise, serão usadas para capturar os dados de consumo de todos os prédios da empresa.

O projeto incorporará uma série de serviços de eficiência energética, como, por exemplo, o de consolidação e virtualização de servidores e storage, centros de dados e filiais.

Além disso, estão sendo instaladas as soluções AT&T Telepresence Solutions, baseadas nas suítes Cisco TelePresence, com o objetivo de diminuir as emissões de gases que provocam o efeito estufa, em toda a empresa, graças à redução das viagens a negócios.