O desenvolvedor Comex acaba de criar o Frash, aplicativo que burla a limitação técnica da Apple que proíbe seus dispositivos de reproduzirem conteúdo em Flash, formato de propriedade da Adobe, numa tentativa de estimular os conteúdos em HTML5.

O Frash, versão alfa do Flash 10.1, só funciona em iPhones destravados, ou seja, que tenham passado pelo processo conhecido como “jailbreak” – também criado por Comex.

Para utilizá-lo, o usuário precisa abrir o aplicativo Cydia, ir até a aba “Manage” e pressionar “Sources”, onde deve incluir um novo endereço. Depois, é preciso buscar por Frash e fazer a instalação.

O novo aplicativo funciona no iPhone 3GS, iPhone 4, iPad e na terceira geração do iPod Touch.

Apesar de burlar a regra da Apple, o Frash só permite ver animações e banners em Flash – os vídeos ainda não funcionam.

Conforme a norte-americana Library of Congress, autoridade que cuida desses assuntos, ações de "jailbreak" não violam o Digital Millennium Copyright Act. Mesmo assim, a Apple já lançou o alerta: este ato viola os termos de serviço da companhia e extingue a garantia dos aparelhos.