Uma das maiores operadoras de telefonia móvel nos Estados Unidos não vai mais cobrar os seus clientes pode ligações feitas do celular, independente de serem da ou não da rede da empresa.

Segundo mensagem no site da AT&T, o novo sistema entra em ação nessa quinta-feira, 10.

O site ZDNet esclarece que há algumas regras na promoção.

Ligações internacionais, por exemplo, não fazem parte da tarifação liberada. Além disso, os clientes deverão assinar um plano ilimitado de mensagens que custa US$ 20 por mês, e um de 450 minutos – tudo custaria US$ 60 por mês.

Ou seja, pague pelas mensagens e mais sete horas e meia de conversação menais, e ganhe um plano ilimitado.

A iniciativa da AT&T é vista como uma resposta ao início das vendas do iPhone 4 na Verizon –  maior operadora de telefonia móvel dos Estados Unidos, e segunda maior no segmento de smartphones.

Oferecer as vantagens seria uma estratégia de retenção de clientes.

No Brasil, um plano de 400 minutos na líder de mercado, a Vivo, custa R$ 173. O plano liberado da AT&T custaria, na moeda brasileira, R$ 99,81 ao mês, segundo a cotação dessa quinta-feira, 10, no Banco Central.

Um plano de 1600 minutos no Brasil custa R$ 516 na mesma operadora – esse plano inclui torpedos, ligações em DDD e internet, entre outras vantagens.