Tamanho da fonte: -A+A

Pela primeira vez no mundo se vendeu mais smartphones do que PCs no último trimestre de 2010.

Os dados são da consultoria IDC. Estudo da empresa divulgado nessa semana indica que, entre outubro e dezembro do ano passado, foram 100,9 milhões de celulares inteligentes comercializados mundialmente, contra 91,2 milhões.

Entre os PCs, as venda ficaram dentro das expectativas, com avanço de 3% sobre o 4T09. Já os smartphones tiveram um salto de 87% na venda em relação ao mesmo período do ano anterior.

O sucesso de um, no entanto, não representa o fracasso do outro.

Segundo Ramon Llamas, analista da IDC, smartphones e os PCs servem a diferentes propósitos, e os consumidores “geralmente precisam de ambos”.

Para Llamas, tarefas como para redação de documentos, edição de fotos e criação de outros tipos de conteúdo são melhor desempenhadas computadores, desktops ou laptops, garantindo a utilizada dos PCs.

Quem ameaça os computadores pessoais, avalia Llamas, são os tablets, como o iPad, da Apple.

Projeções da consultoria IHS iSuppli indicam que o mercado de talbets crescerá mais de 12 vezes nos próximos anos, chegando a 242,3 milhões de unidades nas mãos dos consumidores em 2015.

Em 2010, foram embarcadas 19,7 milhões de tablets no mundo todo.