Epson implementou o seu serviço IP VPN da Global Crossing

Tamanho da fonte: -A+A

A Global Crossing, empresa de fornecimento de soluções globais em IP, anunciou nesta quarta-feira, 06, que a Epson implementou o seu serviço IP VPN (Internet Protocol Virtual Private Network).

Subsidiárias na Argentina, Brasil, Califórnia (EUA), Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México, Peru e Venezuela passam a ser atendidas pela Global Crossing com serviços convergentes de voz, dados e vídeo.

O serviço, fornecido por meio da rede MPLS (Multiple-Protocol Label Switching) confiável, inteiramente redundante e escalonável da Global Crossing, entrega à Epson uma performance superior em comunicação.

“Com este serviço da Global Crossing, a Epson conta agora com uma rede muito mais confiável e segura”, disse Jesus Santacruz, diretor de TI da Epson para a América Latina, parte do Seiko Epson Group.

A rede IP VPN gerenciada da Global Crossing oferece à Epson acordos de nível de serviço (SLAs) gerenciados por meio do centro local de operações de rede (NOC) da Global Crossing, o que confere total visibilidade da rede para que os níveis de serviço sejam verificados em tempo real e possíveis problemas sejam resolvidos antes que os usuários sejam impactados.