Balanço da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil) indica que o número total de acessos de telecomunicações ultrapassou o total da população brasileira, registrando uma densidade de 147,3%.

Na prática, para cada grupo de dez pessoas há cerca de 15 acessos no Brasil, à internet, telefonia ou TV.

Os dados do levantamento, que analisam o setor de telecom como um todo, indicam que a telefonia móvel foi o setor com o melhor desempenho absoluto, com mais de 217 milhões de celulares.

Desde junho de 2010, o total de aparelhos móveis em operação subiu 17,4%, período em que foram adicionados à base 32,2 milhões de novos celulares. A telefonia fixa fechou o primeiro semestre com 42,6 milhões de acessos, registrando crescimento de 2,1% em relação a junho de 2010.

O setor de TV por assinatura fechou o semestre com 11,1 milhões de assinantes, um crescimento de 31,8% no período de 12 meses.

Segundo a Telebrasil, no primeiro semestre de 2011 foram investidos R$ 7,3 bilhões em todos os segmentos e, desde a privatização das telecomunicações, em 1998, o volume chega a R$ 239,5 bilhões.

Com crescimento de 15,8% em relação a junho do ano passado, o Brasil fechou o primeiro semestre de 2011 com 287 milhões de acessos dos serviços de telecomunicações, incluindo telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura.

O melhor desempenho foi o dos serviços de banda larga fixa e móvel, que cresceu 55% nos últimos 12 meses e 77% no primeiro semestre.

O número de acessos à internet rápida chegou a 45,7 milhões em julho.