Tamanho da fonte: -A+A

O Amapá vai isentar de ICMS empresas prestadoras de serviço de internet banda larga em até R$ 12,5 milhões anuais.

 
A medida é parte de um plano para oferecer cobertura via fibra ótica no estado, até agora servido somente por satélite ou rádio. O valor da isenção equivale a 5% do ICMS arrecadado no estado em 2011. Não está definida a isenção para 2013.
 
A primeira beneficiada pela medida é a Oi, que vai constuir uma rede de 400 quilômetros de fibra ótica a partir da fronteira com a Guiana Francesa. 
 
A colônia francesa dispõe de uma rede de fibra ótica marítima usada pela Estação Espacial Internacional.
 
O Plano Estadual de Banda Larga do Estado, conhecido como Programa Amapá Conectado, foi decretado no fim de 2011 e beneficiará 14 dos 16 municípios do estado.