Foto: Divulgação, RafeB/Flickr

Tamanho da fonte: -A+A

A Vivo anuncia a oferta comercial da tecnologia HSPA+ para todo o Brasil. Sob a marca 3GPlus, o serviço já estava disponível em São Paulo, com velocidades até três vezes maior que a 3G.

Cabe lembrar, no entanto, que a tecnologia não mudará o modelo de cobrança da operadora móvel, que vende aos clientes pacotes com quantidade de dados, e não velocidade com volume de downloads e uploads ilimitados.

Habilitada para smartphones e modens, a tecnologia é considerada um meio-termo entre o 3G e o 4G. Na Vivo, uma nova linha de planos com a marca 3GPlus foi criada.

O Vivo Smartphone Ilimitado 3GPlus, por exemplo, oferece franquia de tráfego de dados de  500MB, 750 MB e 2 GB. Normalmente, as franquias são de 250 MB e 500 MB.

Nos planos de 60 minutos, por exemplo, o cliente tem 500 MB de franquia, ligações locais ilimitadas para Vivo e 60 minutos para falar com outras operadoras e fixo local.

A partir dos planos de 200 minutos, o usuário passa a contar com 2GB de franquia.

Os pacotes custam a partir de R$ 99,00. Segundo a operadora, o serviço não está disponível apenas em Roraima e Amapá.

No caso dos planos Vivo Internet Brasil, a novidade é a expansão da oferta 10GB para outros estados (os planos para modem já estavam disponíveis para a região metropolitana de São Paulo desde novembro de 2011).

A HSPA+ permite às operadoras uma gestão mais eficiente da capacidade de voz e de dados com taxas de downlink de até 21 Mbps e o dobro da capacidade de voz nas redes WCDMA.

Todas as grandes operadoras do Brasil já anunciaram a adequação de suas redes para a oferta.

Com uma rede 3G que chega a 2,7 mil municípios, e a liderança de mercado com 29,85% de participação, porém, a Vivo espera ter vantagem sobre a concorrência com a oferta.

Apesar de ter lançado o serviço antes, em dezembro de 2011, a Claro leva a tecnologia a 700 municípios, quase um terço da abrangência da Vivo.

Também no ano passado, Oi e TIM comunicaram que estavam preparando a infraestrutura da rede para suportar o padrão.