Tamanho da fonte: -A+A

Telefônica, Oi, Sercomtel e CTBC assinaram um acordo com o  Ministério das Comunicações para oferecer a banda larga de  1 Mbps a R$ 35 por mês nesta quinta-feira, 31.

O valor estipulado refere-se à assinatura pelo serviço, não incluindo o modem.

Das quatro empresas, três atuam na região Sul, sendo que a Oi está nos três estados e a Sercomtel e CTBC apenas no Paraná. A oferta deve iniciar em 90 dias.

Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o cronograma de oferta do serviço ainda não foi fechado, mas o serviço deve estar disponível em todo o país e em cerca de 70% dos domicílios até 2014. A velocidade também deve aumentar para até 5 Mbps.

O PNBL prevê que os assinantes dos novos planos de acesso tenham um limite mensal de download de 300 MB para a internet fixa e de 150 MB para a móvel.

Quando o cliente chegar a esse limite, vai ter a opção de pagar a mais ou então reduzir a velocidade de conexão para continuar a utilizar o serviço.

O acordo com as empresas não estabelece metas de qualidade da internet a ser ofertada, mas Paulo Bernardo garantiu que a Anatel vai votar até outubro um regulamento para estabelecer regras que devem ser seguidas por todas as empresas que oferecem a internet fixa e móvel.

Hoje, as empresas precisam garantir apenas 10% da velocidade contratada. O governo pretendia garantir 70% da velocidade até 2014, mas isso não foi incluído no acordo.