Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina apresenta sistema integrado baseado em geoinformação para atendimento à população

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de Santa Catarina acaba de colocar em funcionamento o SADE - Sistema de Atendimento e Despacho de Emergências desenvolvido em parceria com a Imagem, empresa especializada em soluções de informações geográficas.

O sistema vai reunir dados de ocorrências atendidas pela Policia Militar, Bombeiros e Samu de todo o estado em uma única central de atendimento.

Para tanto, utiliza base de geotecnologia em todo processo.

“O SADE abrange desde o atendente da central, que terá mapas digitais para visualizar e cadastrar chamados, passando pelos despachantes, que terão visão de todas as ocorrências atendidas em um momento, até os policiais, que receberão informações por rádio com detalhes da localidade referente à chamada”, explica Austher Teixeira, coordenador de Tecnologia da Imagem.

O projeto inclui, ainda, o georreferenciamento de toda a frota de veículos da segurança pública catarinense.

Com isso, segundo Teixeira, os atendentes poderão visualizar quais viaturas estão localizadas mais próximas ao local da ocorrência, o que vai agilizar o atendimento ou socorro de vítimas.

Além disso, há a possibilidade de monitoração de área por meio de câmeras de vídeo-vigilância, já instaladas pelo estado, agora vinculadas diretamente aos mapas digitais do SADE.

Alimentado por estes conteúdos, nasce também o Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), banco de dados que vai unificar as ocorrências atendidas pelas três instituições - polícia, bombeiro ou Samu.

“Assim, ao ligar para qualquer um destes serviços, o cidadão será atendido pela mesma central. O próprio atendente é que irá encaminhar a ocorrência à instituição mais adequada”, detalha Teixeira.

O coordenador de Tecnologia da Imagem também explica que, com os dados reunidos, será possível gerar relatórios e estatísticas em tempo real, contendo número de ocorrências, tipo de crimes mais freqüentes em cada área, entre outras informações.

“Isso irá otimizar o trabalho da polícia, remanejando as estações policiais e aumentando o número de viaturas nos locais com maior incidência criminal, por exemplo”, finaliza o executivo.

A implantação do SADE inicia por Florianópolis e, gradativamente, será espalhado por todo o estado.

A fornecedora
A Imagem é especializada em Sistemas de Informações Geográficas (GIS), com 25% de participação no mercado nacional do setor, segundo dados próprios.

A empresa atua na oferta de software, consultoria, implementação de sistemas, imagens de satélites de alta resolução e mapas territoriais de múltiplas escalas e temas.

A carteira de clientes conta com empresas públicas e privadas de segmentos como gestão municipal, meio ambiente, mineração, óleo e gás, agronegócio, transportes, telecomunicações, segurança e defesa.

Em 2010, a companhia sediada em São José dos Campos obteve faturamento de R$ 74 milhões.