A Kronos, norte-americana especializada em TI para gestão de mão de obra, acaba de abrir no Brasil.

Com escritório em São Paulo, a empresa atende a 70 mil usuários de cinco clientes no país: Lojas Renner, Mc Donalds Brasil, Nestlé, Teletec e Cameron.

A expansão é peça fundamental da estratégia da companhia para elevar o faturamento global dos US$ 740 milhões obtidos em 2010 para US$ 1 bilhão em três anos, sendo US$ 2 milhões vindos do Brasil só no primeiro ano da operação local, cuja ampliação não descarta uma chegada ao Sul.
 
Pelo contrário: segundo Luis Moura, que comanda a operação local e Caribe, uma possível instalação na região já está em avaliação, muito em função do atendimento a clientes como Renner, por exemplo.
 
“A Renner adotou uma nova solução nossa para varejo em dezembro de 2010 e hoje é atendida por meio de nossas operações nos EUA e São Paulo, mas estamos olhando com muita atenção o mercado do Sul, muito em função de exigências de contratos como este”, explica Moura.
 
Pudera: segunda maior rede de lojas de departamento de vestuário do Brasil, a varejista emprega cerca de 13 mil funcionários, cuja gestão, em breve, passará diretamente pelo sistema da Kronos.
 
Mercadão
Mas nem só a clientela já obtida – a qual também se pode somar outros mais de 48 mil colaboradores mantidos pelo McDonalds, entre outros – anima os planos da companhia no país: “trata-se de uma das economias que cresce mais rapidamente no mundo, com uma força de trabalho de 103 milhões de pessoas”, explica Moura.

Lei complicada, negócio aquecido
Mais do que isso, a complexidade das leis trabalhistas brasileiras também reforça a aposta da empresa por aqui.
 
Segundo o executivo da Kronos, as soluções da empresa ajudam a descomplicar a gestão dos recursos humanos no que tange ao cumprimento da legislação, agilizando o trabalho tanto de corporações locais quanto de multinacionais que precisam se adaptar às exigências locais.   
 
“A natureza complexa das leis trabalhistas no Brasil torna nosso pacote de soluções altamente relevante. Com o escritório local estabelecido, estamos prontos para provar que esta gestão não precisa ser tão complicada, que podemos ajudar a minimizar riscos de não conformidade, controlar custos de mão de obra e aumentar a produtividade”, garante Moura.
 
O queridinho da América
Ainda segundo o diretor, a própria designação de seu novo cargo define a importância do país para a fornecedora norte-americana.
 
Na Kronos há 13 anos, Moura ocupou, nos últimos nove, a direção para América Latina e Caribe. Com a abertura no Brasil, veio para o comando da operação local e Caribe, mas não faz segredo: “minha orientação é para dedicar 70% do meu tempo ao Brasil”, conta o executivo.
 
A Kronos oferece software, hardware e serviços integrados para administração de escalas de horário, gerenciamento de faltas, programação de férias e licenças, entre outros recursos para gestão da força de trabalho.
 
A carteira de clientes, que tem foco principal nos setores de varejo e manufatura, conta com “dezenas de milhares de organizações em 60 países”, segundo Moura.
 
Dentre os atendidos, estão mais da metade das companhias citadas no ranking Fortune 1000.
 
No Brasil, antes de abrir o escritório próprio, a companhia atuava por meio de parceria com a Valueteam, empresa de consultoria e serviços TI do Grupo Value Partners que tem presença na América Latina, com unidades brasileiras em São Paulo e Rio de Janeiro; e Europa.