A AVG Technologies planeja abrir capital em um período de oito a 14 meses.

Para comandar o processo, a empresa nomeou oficialmente o atual CEO, JR Smith, para ocupar permanentemente a liderança da companhia.

A confirmação do executivo como CEO permanente era uma dúvida do conselho administrativo da empresa pelo fato de ele não possuir vasta experiência em processos de abertura de capital.

Entretanto, o fato de o profissional ter comandado, na AVG, crescimentos anuais da ordem de 75% nos últimos três anos, mudou a opinião dos conselheiros.

"O conselho inicialmente acreditava que o mercado iria aceitar melhor um CEO com experiência em abertura de capital. Porém, a gestão positiva de JR Smith deixou claro que sua capacidade é muito mais valiosa para a empresa”, explica Dale Fuller, presidente do Conselho de Administração.

A empresa fechou 2009 com crescimento de 75%, alcançando faturamento em torno de US$ 250 milhões. Agora, a meta é chegar a US$1 bilhão em quatro anos.

No ano passado, a AVG recebeu um aporte de US$ 200 milhões do TA Associates, fundo russo de private equity e, atualmente, o maior acionista é o fundo Enterprise Investors, detentor de 34% do capital.

Além disso, em 2009 a base da empresa ultrapassou a marca de 110 milhões de licenças ativas em todo mundo, fazendo da suíte AVG a líder de downloads em sites como o americano CNET Download.com (251 milhões) e nos brasileiros Baixaki (56 milhões) e SuperDownloads (22 milhões).