Technopark: 35% mais TI com Corpflex

21/09/2011 15:05


O laboratório óptico Technopark ampliou em 35% a produtividade de seu ambiente de TI nos primeiros sete meses deste ano, resultado da adoção de três soluções combinadas de gerenciamento: monitoramento, backup e firewall gerenciado, tudo da CorpFlex.

Tamanho da fonte: -A+A


O laboratório óptico Technopark ampliou em 35% a produtividade de seu ambiente de TI nos primeiros sete meses deste ano, resultado da adoção de três soluções combinadas de gerenciamento: monitoramento, backup e firewall gerenciado, tudo da CorpFlex.

A avaliação é de Josi Martins, supervisora de TI do Technopark. Segundo ela, o cenário antes da implantação era de frequentes problemas físicos e lógicos nos servidores e indisponibilidade de serviços, o que dificultava a operação e prejudicava a performance do ambiente de TI.

“Nosso processo operacional é totalmente dependente da área de TI, desde a colocação de pedido na internet até a entrega do produto ao cliente final”, destaca a executiva. “Por isso, adotar uma solução que monitorasse de maneira pró-ativa os servidores em regime 24x7x365 foi fundamental”, complementa.

As soluções, implementadas na matriz do laboratório, em Alphaville, e na filial de Campinas, agora supervisionam pontos como desempenho do servidor, estado dos discos rígidos e processos em execução.

“Ao detectar um problema, a solução emite um alarme para que atuemos em uma ação corretiva. Com isso, reduzimos a paralisação dos servidores para manutenção em dias de produção normal”, explica Josi.

Além disso, era necessário garantir o acesso e troca de dados de forma segura entre esses dois servidores e, também, com as outras filiais, situadas em Ribeirão Preto, Bauru e na capital paulista.

Dessa maneira, o Technopark optou pela adoção de uma solução de firewall gerenciado para administrar e gerenciar de maneira centralizada os ambientes em diversos locais.

De acordo com a supervisora de TI, não havia monitoramento algum antes da adoção desse sistema.

“O acesso às informações e as trocas de arquivos ficavam comprometidas, e a rede, sem proteção”, detalha ela. “Hoje, o firewall protege a troca de pacotes, toda a topologia da rede e o conteúdo, e oferece regras de acesso definidas e gestão de política de acesso à internet”, comenta.

Através de VPNs (Virtual Private Network) e Site to Site, a equipe do laboratório também pode acessar o ERP utilizado pela empresa de forma protegida.

A terceira solução adotada pelo Technopark para ser utilizada de forma integrada ao firewall e monitoramento é o backup, realizado remotamente pela CorpFlex, por meio do software Simpana 9 da CommVault, instalado em uma console do servidor do Technopark.

“O principal benefício dessa solução é a redução no tempo de restore de arquivos do backup”, finaliza Josi.

Joint venture formada por dois laboratórios paulistas (Campilentes e Surfnew) e a multinacional francesa Essilor, o Technopark é especializado na produção de lentes oftálmicas.

Já a CorpFlex oferece soluções em infraestrutura de TI como serviço e cloud computing, contando com dois data centers sediados em Barueri.

A companhia atende a uma carteira de 550 contratos e seus serviços são utilizados por cerca de 25 mil usuários.

Veja também

Ex-HP e Dupont assume data center da CorpFlex

A CorpFlex acaba de nomear Fernando César Moreira como seu novo diretor de Operações de Data Center. No posto, o executivo terá como meta estruturar a área de serviços e gerenciar projetos de cloud computing, SaaS e IaaS.

SML e CorpFlex oferecem ECM e BPM via SaaS

A SML, provedora de soluções de gestão de documentos e automação de processos; e a CorpFlex, especializada em outsourcing, firmaram uma parceria para oferta do SML e-Content na modalidade SaaS.

A solução é uma plataforma de ECM (gerenciamento de imagens e documentos) e BPM (automação de processos de negócios) que possibilita às empresas usuárias digitalizarem e capturarem documentos em qualquer lugar, disponibilizando-os segundos depois para análise.

CorpFlex e Remaq: parceria em outsourcing

Empresas de outsourcing de Impressão e de TI se aliam para completar a oferta de serviços

A Remaq e a CorpFlex acabam de firmar uma parceria para oferta conjunta de serviços de outsourcing.

A Remaq atua no mercado de impressão há dez anos e aloca nos clientes máquinas multifuncionais próprias. Além disso, a companhia possui um software de controle de bilhetagem próprio.

Visão: ERP Senior com IaaS da CorpFlex

A Visão Turismo, agência com sede em Salvador e 15 filiais distribuídas por Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, adotou o ERP Regente Turismo, da catarinense Senior Sistemas, hospedado no data center da paulista CorpFlex.

A contratação ocorreu no modelo IaaS (Infraestrutura como Serviço), que inclui toda infraestrutura de software e hardware junto à manutenção, gerenciamento de dados, backup e helpdesk 24x7.

Regon: ERP Senior com IaaS da CorpFlex

Em meio a uma reestruturação geral de suas empresas, o grupo mineiro Regon adotou o ERP da Senior Sistemas, hospedado no modelo de Infraestrutura como Serviço (IaaS), no data center da CorpFlex.

A implantação teve caráter de urgência, já que o grupo possui empresas de diferentes ramos de atividade e precisava unificar a comunicação e a gestão.

Ordem religiosa hospeda GVDasa com CorpFlex

A Ordem Religiosa das Escolas Pias (Orep), congregação italiana que está há 60 anos no Brasil, mantendo escolas, obras sociais e paróquias em Minas Gerais e no Espírito Santo, adotou o ERP da gaúcha GVDasa.

CorpFlex quer 30% no Sul

A CorpFlex já atende a 12 clientes na região Sul, mas até o final do ano, a meta é aumentar esta lista para pelo menos 20, aumentando a participação da região nos negócios dos atuais 20% para cerca de 30%.

Para isso, o primeiro passo da companhia foi a instalação de presença local, por meio de uma parceria fechada no fim do ano passado com a Menthor, empresa localizada no Pólo de Informática de São Leopoldo.

Linea Sucralose: ERP Sankhya com CorpFlex
A Linea Sucralose, de Goiânia, acaba de adotar o ERP da mineira Sankhya, hospedado em fornecido em modelo SaaS pela CorpFlex.

“A possibilidade de ter os dados gerenciados de forma segura mesmo fora da empresa nos trouxe independência de TI”, afirma Paula Torquato Taino, gerente-industrial da Linea Sucralose de Goiânia. “Antes, outra companhia do grupo era responsável pelo gerenciamento deste setor”, complementa.