Tamanho da fonte: -A+A

Peter Meierhold acaba de ser nomeado presidente da Iron Mountain para a América Latina.

No cargo, o executivo terá como meta consolidar a atuação da companhia na Argentina, Brasil, Chile, México e Peru por meio do desenvolvimento de soluções integradas de gestão da informação, segundo comunicado da empresa.

“Meierhold terá a responsabilidade de impulsionar o crescimento do negócio tradicional de gestão de documentos físicos, como também dos serviços complementares de terceirização dos processos para os segmentos de finanças, saúde, seguros e serviços”, afirma o material divulgado à imprensa.

O novo presidente para AL traz no currículo vários anos de atuação profissional na Europa, onde desempenhou diversas posições executivas na Accenture e na SAP.

Argentino, o executivo é formado em Engenharia Mecânica e Industrial pelo Instituto Tecnológico de Buenos Aires, com MBA pela Universidade de Harvard.

No Brasil também
A Iron Mountain também trocou de presidente recentemente no Brasil, onde há cerca de um mês anunciou Luiz Alves para o cargo.

O executivo veio de 25 anos de experiência em empresas como Unisys, ReMark, ICT e EDS para assumir o posto deixado por  Luis Carlos Cornetta, que comandava a subsidiária desde 2009.

Com sede nos EUA, a Iron Mountain fornece soluções para custódia, administração e gerenciamento de documentos.

A companhia está presente em 39 países. Na América Latina, tem operações na Argentina, México, Chile e Peru, além do Brasil, onde está desde 2001, com 15 bases operacionais e presença local no Rio Grande do Sul, Paraná, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

Sul movimenta negócios
No ano passado, a companhia anunciou investimento de mais de R$ 6 milhões no país, onde, segundo declarou Cornetta, o motor dos negócios é a região Sul.

Por conta disso, a empresa abriu em março de 2010 um data center em Curitiba, onde já mantinha unidade. Além das operações no Paraná, há, ainda, um escritório em Esteio-RS.