O governo do estado do Mato Grosso contratou a paulista Imagem, empresa do mercado de Sistemas de Informações Geográficas e distribuidora dos produtos Esri para implantar um novo portal baseado em geoinformações que centralizará dados de todas secretarias em uma base única.

O objetivo do projeto é criar uma plataforma tecnológica unificada, um ambiente interoperável e normatizado, para centralizar as informações geoespaciais do estado e disponibilizá-las para usuários de diferentes setores.  

Para desenvolver a solução, a Imagem realizou um estudo de viabilidade e sugeriu a aquisição de licenças de softwares da Esri. A empresa assumiu os serviços de consultoria, suporte e treinamento de funcionários pelo período de três anos, para que as secretarias possam dar continuidade aos procedimentos após o termino do contrato, em 2013. 

Rubens Teixeira, técnico de TI da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), explica que o processo de implantação total será longo, pois, no início, a tecnologia aplicada e o conhecimento específico eram diferentes em cada secretaria, que atuavam de forma independente.

“Embora todos precisassem das mesmas informações geográficas para desenvolver seus projetos, essas eram descentralizadas, não existia uma base de dados comum, o que acabava criando dados redundantes, informações desatualizadas e altos custos, pois muitas vezes o mesmo trabalho era feito por diferentes áreas”, explica. 

Um grande desafio foi a padronização da tecnologia em todas as secretarias, já que algumas já eram familiarizadas com as soluções, como a Sejusp que utiliza GIS há mais de dez anos, enquanto outras ainda não tinham muito conhecimento do assunto. 

O novo portal permitirá total acesso a dados e mapas que, cruzados com outras informações sobre uma área específica, possibilitará diversas análises quantitativas e qualitativas para a tomada de decisões dos gestores públicos. A solução promete gerar racionalização de gastos e maior transparência nos processos.