Elipse Power no Cenpes, da Petrobras

17/02/2012 13:26

O Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), unidade responsável pelas atividades de P&D e engenharia básica da Petrobras, adotou o Módulo de Descarte de Cargas do Elipse Power, fabricado pela gaúcha Elipse Software.

No centro, o módulo é utilizado para controles que garantem que a queda de uma das fontes supridoras de energia não acarrete o desligamento completo da planta.

Tamanho da fonte: -A+A

O Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), unidade responsável pelas atividades de P&D e engenharia básica da Petrobras, adotou o Módulo de Descarte de Cargas do Elipse Power, fabricado pela gaúcha Elipse Software.

No centro, o módulo é utilizado para controles que garantem que a queda de uma das fontes supridoras de energia não acarrete o desligamento completo da planta.

Trata-se de monitoramento e controle voltados a preservar o funcionamento das cargas prioritárias da Central de Utilidades de Ampliação do Cenpes.

O recurso desenvolvido pela Elipse Software executa um algoritmo visando determinar os comandos a serem executados pelos IEDs (Intelligent Electronic Device) para manter a subestação ativa no caso de queda de energia.

No projeto para o Cenpes, participaram também a Orteng Equipamentos e Sistemas, Automalógica Sistemas para Automação e a PowerSysLab.

As três empresas desenvolveram e implementaram o sistema de descarte no Cenpes.

O software
O Elipse Power controla o descarte das cargas alimentadas pela estrutura composta pela concessionária da Light, que atende ao Cenpes, e mais seis geradores.

Dos geradores, três são considerados principais, movidos a gás e capazes de gerar 8,4 MW, mas há outros três de emergência, movidos a óleo diesel, com capacidade de gerar 7,5 MW.

Estes últimos serão acionados nos casos de carência de energia, abastecendo unidades prioritárias do centro e evitando paradas.

Com o módulo do Elipse Power, o centro da Petrobrás consegue priorizar as cargas, levando em consideração a importância frente às necessidades do sistema.

A solução também calcula automaticamente qual o melhor conjunto de cargas a serem descartadas, baseado no grau de importância ou prioridade de cada uma, conforme a demanda.

Este cálculo é executado sempre que houver uma mudança na topologia ou nas potências do sistema, gerando assim novos resultados.

Desse modo, a tecnologia permite que o operador possa prever quais as cargas serão desligadas para cada cenário de perda antes da ocorrência do evento.

O sistema também permite controlar a potência consumida por cada uma das cargas em cada momento, potência total a ser descartada (potência injetada) e aquela que, de fato, irá a descarte, entre outros recursos.

HTTP://www.elipse.com.br
 

Veja também

Elipse automatiza fábrica de tintas da Luminar

A Luminar Tintas e Vernizes, de São Paulo, automatizou a fabricação de suas mais de 30 mil tintas com o supervisório Elipse E3, da porto-alegrense Elipse Software.

Implementada pela Point Tecnologia em Automação, a solução permite aos operadores da Luminar controlar toda a produção de tintas sem precisar sair do Centro de Operações, situado na própria fábrica.

Elipse automatiza termoelétricas em PE

A porto-alegrense Elipse Software automatizou as termelétricas Termomanuas e Pau Ferro I, localizadas em Igarassú (PE), com o supervisório Elipse E3.

Com a solução, os operadores da EPESA (Centrais Elétricas de Pernambuco) podem controlar o status dos diferentes equipamentos que integram as usinas em tempo real.

Os geradores produzem até 246 MW, suficiente para abastecer uma cidade de até 500 mil habitantes.

Elipse automatiza parque fabril da Randon

A Randon Implementos adotou o Elipse E3, solução de supervisão e controle da porto-alegrense Elipse Software, em sua fábrica de Caxias do Sul.

Com o software, a companhia passou a controlar os sistemas da fábrica remotamente e em tempo real.

No projeto, o desenvolvimento e implementação do supervisório foram realizados por uma equipe interna de automação industrial da Randon.

Elipse automatiza termelétrica capixaba

A gaúcha Elipse Software está automatizando o controle da subestação da Usina Termelétrica da Linhares Geração, localizada em Linhares (ES) com a solução Elipse Power.

Segundo a Elipse, a termoelétrica, que é capaz de gerar até 204 MW, potência suficiente para levar energia a 400 mil residências, busca um monitoramento melhor da operação.

Rede Energia gere 04 centros com Elipse Power

A Rede Energia adotou o Elipse Power, da porto-alegrense Elipse Software, em seus centros de operação da Celpa, Cemat, Celtins e Rede Sul.

O sistema, mais nova tecnologia desenvolvida pela Elipse para o mercado de energia, será usado para automatizar os equipamentos da rede de distribuição do novo cliente, como chaves e religadores, além de subestações de subtransmissão.

Elipse Software abre filial no RJ

A porto-alegrense Elipse Software, abriu uma filial na praia do Botafogo, no Rio de Janeiro, de onde pretende ampliar sua base de clientes no estado fluminense.

Inaugurado na última segunda, dia 11, a unidade quer aproveitar os investimentos futuros no estado.

Elipse automatiza distribuição da Cemar

A Companhia Energética do Maranhão - Cemar adotou o Elipse Power, da gaúcha Elipse Software, para ampliar o controle sobre uma parte de sua rede de distribuição responsável por fornecer energia a 145 municípios - 67% da área total atendida.

O software é a mais recente tecnologia desenvolvida pela Elipse para a área energética.