A Progress Software não terá mais um country manager no Brasil.

Com a saída de Luiz Claudio Menezes para a fabricante de cartões de pagamento e cartões inteligentes GD Burti, a operação brasileira será comandada por Carlos Atehortua, vice presidente da Progress para a América Latina, sediado em Miami.

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Progress no Brasil, Atehortua “se manterá nos Estados Unidos, vindo regularmente ao Brasil para conduzir os projetos necessários”.

O profissional colombiano está na Progress desde 1995 e já exerceu diversos cargos de direção em nível latino americano. Menezes foi country manager do Brasil por seis anos.