F5 e Oracle: mais segurança na nuvem

17/02/2011 09:52

A F5 Networks, especializada em soluções de ADN (Application Delivery Networking), anuncia a integração entre o F5 BIG-IP Application Security Manager (ASM) e o Oracle Database Firewall.

Juntas, as soluções garantem maior performance, consistência e segurança para aplicações baseadas em Oracle rodando em ambiente distribuído, segundo explica André Mello, diretor geral da F5 Networks Brasil.

Tamanho da fonte: -A+A

A F5 Networks, especializada em soluções de ADN (Application Delivery Networking), anuncia a integração entre o F5 BIG-IP Application Security Manager (ASM) e o Oracle Database Firewall.

Juntas, as soluções garantem maior performance, consistência e segurança para aplicações baseadas em Oracle rodando em ambiente distribuído, segundo explica André Mello, diretor geral da F5 Networks Brasil.

“Esta integração proporciona aos usuários F5 maior proteção contra SQL Injection, além de oferecer, a usuários Oracle, recursos de geração de relatórios com informações forenses sobre ataques de SQL Injection”, comenta o executivo.

Já Andy Bailey, VP sênior de Alianças e Canais da Oracle, ressalta que a F5 fornece uma suíte de tecnologias personalizadas para suportar implementações de bancos de dados Oracle.

"As aplicações web estão se tornando rapidamente o vetor de ameaças mais comum que os hackers de hoje visam explorar; aplicações como Facebook e Twitter são os alvos preferidos, mas há milhares de aplicações online que estão desprotegidas e representam risco", reforça o analista chefe de Segurança de Rede da Infonetics Research, Jeff Wilson.

Segundo ele, embora existam muitos produtos disponíveis que tratam da segurança das aplicações web, as soluções que integram segurança do banco de dados são relativamente escassas, o que garante demanda para a nova solução F5/Oracle.

Com a integração, o Oracle Database Firewall passa a oferecer para usuários da F5 uma abordagem de análise de gramática SQL, com precisão e escalabilidade no emprego de políticas predefinidas, que ajudam a eliminar falsos positivos, por exemplo.

Com a solução da Oracle, quando o BIG-IP ASM detecta um ataque de injeção SQL, ele avisa o Database Firewall sobre a ameaça, levando a solução a apontar para o gestor de TI a solução correta a ser aplicada.

Relatórios correlacionados para informações forenses mais elaboradas, com recursos flexíveis do F5 iRules, também fazem parte da solução integrada.

Isso faz com que o BIG-IP ASM envie informações sobre a identidade do usuário da aplicação web e da sessão, como endereço IP, hora, entre outras, para o Oracle Database Firewall.

Quando notificado pelo BIG-IP ASM sobre um ataque de injeção SQL, o firewall registra este evento utilizando todos os dados adicionais sobre a identidade do usuário, sua origem, e assim por diante, e os correlaciona com sua própria aplicação de políticas.

“Isso capacita as equipes de TI a identificar as tendências com maior precisão e a reagir mais rapidamente a um ataque”, finaliza Bailey.
 

Veja também

IPconnection e F5 Networks: foco em ADN
Com foco na demanda de ADN – Application Delivery Network, a IPconnection, integradora de TI e Telecom, reforça a parceria iniciada em 2008 com a F5 Networks, fornecedora de aplicativos de segurança.

Pelo acordo a IPconnection oferecerá toda a linha de soluções da F5, sendo que o CEO da integradora, Alexandre Otto, espera que em 2010 a aliança represente 15% da receita.
Oracle Supercluster: 3x mais benchmark TPC-C

A Oracle vai apresentar em Porto Alegre, na quinta-feira, 17, o Sparc Supercluster, nova oferta de infraestrutura para execução de ambientes de banco de dados que inclui software, servidores, rede e armazenamento.

Segundo Boris Kuszka, diretor de Consultoria de Vendas de Sistemas da Oracle do Brasil, a ferramenta triplica a velocidade de benchmark TPC-C em relação às ofertas anteriores e aos concorrentes.

Renner, nas nuvens com Oracle

A Lojas Renner, segunda maior rede varejista do setor de vestuário, calçados e perfumaria do país, com faturamento de R$ 2,8 bilhões em 2009, está apostando em cloud computing com a Oracle.

Oracle supera previsões com vendas fortes

Com salto de quase 4% nas ações depois do anúncio de novos produtos e projeções, a Oracle estimou que seu luro no trimestre atual deve superar as previsões de Wall Street.

Nos últimos seis anos, relata a agência Reuters, a empresa desembolsou mais de US$ 42 bilhões em aquisições, incluindo a compra da Sun Microsystems em janeiro deste ano.

Oracle: Cloud Office concorre com MS e Google

Foi lançado nessa quarta-feira, 15, o Cloud Office, pacote de ferramentas de produtividade da Oracle que concorrerá diretamente com o Google Docs e a versão online do MS Office.

O pacote será integrado com a suíte de código aberto OpenOffice, que passou à pertencer à Oracle após a aquisição da Sun pela companhia.

Amazon e Oracle são parceiros na nuvem

Softwares empresariais da Oracle poderão ser utilizados a partir da base de servidores da Amazom.com.

As empresas anunciaram a certificação para execução dos programas no Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) com a virtualização do Oracle VM nesta semana.

Com a parceria, usuários de softwares Oracle poderão utilizar os serviços Amazon Web para cargas de trabalho de produção, com total suporte das duas empresas.

Oracle: mais atenção ao cloud computing
A Oracle vai expandir sua linha de produtos na nuvem, de acordo com fonte familiar ao assunto ouvida pelo ComputerWorld.

Entre as novidades estariam programas online para ajudar empresas a gerenciarem funções de recursos humanos como, por exemplo, contratação de funcionários. A ampliação da linha de softwares focados em atendimento ao cliente também estaria nos planos.

A empresa não comentou as informações.