A Imagem, especializada em Sistemas de Informações Geográficas (GIS), fechou 2008 com crescimento de 25% em relação ao ano anterior, atingindo faturamento de R$ 54,6 milhões. Para 2009, a perspectiva é ampliar os números em 11%, chegando a uma receita de R$ 60 milhões.

Os resultados de 2008 foram alavancados pela ampliação no volume de projetos desenvolvidos para o segmento público, em especial governos estaduais e municipais. “Somente neste setor, crescemos 87% em comparação a 2007”, relata Marcos Covre, diretor Comercial da empresa.

Conforme o executivo, a área de geração e distribuição de energia também impulsionou os negócios. Hoje, a Imagem atende a mais de 30% das empresas que atuam neste setor em todo o Brasil.

Planos para Sul e Nordeste

As regionais da companhia, tanto no Sul como no Nordeste, também foram responsáveis pelo crescimento de 2008. Agora, a intenção é investir pesado nas duas subsidiárias.

“No Rio Grande do Sul, onde já temos uma filial, estamos reforçando as atividades de forma geral. E entre janeiro e fevereiro, vamos abrir uma unidade em Salvador, que se somará à unidade de Recife”, ressalta Covre.

A filial de Salvador vai concentrar a atuação na Bahia. Já a de Recife atenderá aos demais estados da região: Pernambuco, Ceará, Maranhão, Piauí, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas.

A Imagem é sediada em São José dos Campos e vende seus produtos e serviços para empresas públicas e privadas de segmentos como telecomunicações, energia, saneamento, petróleo e gás, agricultura e defesa. Alguns dos clientes são Citrovita, Eletropaulo, Embrapa, Governo de Goiás, Oi, Prefeitura de Recife e Petrobrás, entre outros.