LinuxCon traz criador do Linux ao Brasil

14/05/2010 14:37

A Linux Foundation, organização sem fins lucrativos dedicada a acelerar o crescimento do Linux, anuncia a realização da LinuxCon no Brasil, conferência que traz entre os palestrantes o criador do Linux, Linus Linus Torvalds.

O evento acontece entre 31 de agosto e 1 de setembro em São Paulo.

Tamanho da fonte: -A+A

A Linux Foundation, organização sem fins lucrativos dedicada a acelerar o crescimento do Linux, anuncia a realização da LinuxCon no Brasil, conferência que traz entre os palestrantes o criador do Linux, Linus Linus Torvalds.

O evento acontece entre 31 de agosto e 1 de setembro em São Paulo.

Completam o time de palestrantes o líder de manutenção do Linux, Andrew Morton; o mantenedor do subsistema SCSI no Linux Kernel, James Bottomley; o desenvolvedor do Linux kernel, Jon Corbet; o mantenedor da arquitetura Intel, Thomas Gleixner; o arquiteto-chefe do projeto Xen, Ian Pratt; além do primeiro desenvolvedor norte-americano no Linux kernel e funcionário do Google, Ted Ts'o.

A LinuxCon Brasil tem a proposta de reunir desenvolvedores-chave, administradores, usuários, gerentes comunitários e experts da indústria, com vistas a encorajar a colaboração e apoiar a futura interação entre o Brasil e o restante da comunidade global de Linux.

A programação inclui apresentações, tutoriais e sessões informais ("birds of a feather") que seguem trilhas para desenvolvimento, operações de TI e negócios.

As inscrições podem ser realizadas pelo site relacionado abaixo.


 

Veja também

Linux está em um terço dos netbooks
Um terço dos netbooks sai da fábrica com Linux, segundo informações divulgadas pela consultoria ABI Research. Isto representou, em 2009, 11 milhões de portáteis em um total de 35 milhões.

Tais números não incluem netbooks dual-boot ou aqueles que tiveram o Windows removido e instalaram Linux (e vice-versa).

A ABI aponta ainda que a utilização de processadores ARM em netbooks fará o Linux tomar o lugar do Windows em 2013.
Gartner: Linux em alta. Mainframe, só IBM
Nos próximos três anos, os sistemas operacionais de código aberto ganharão cada vez mais espaço nos mercados governamental e corporativo.

Hoje, o Windows é o sistema favorito destes segmentos, tendo movimentado cerca de US$ 19 bilhões em 2008, enquanto o Linux respondeu por US$ 9 bilhões. Entretanto, a tendência é que até 2012 a curva de crescimento do software open source seja superior ao da Microsoft.
Google libera Chrome para Linux e Mac
Estão disponíveis desde a quinta-feira, 04, as versões do navegador Google Chrome para Linux e Mac OS.

A versão é aconselhada apenas para desenvolvedores. "A menos que você seja um programador ou tenha grande prazer com software incompleto, imprevisível e potencialmente falho", afirma o post no blog oficial do navegador.
USB 3.0 chega primeiro ao Linux
Sarah Sharp, programadora da Intel, anunciou que o Linux será o primeiro sistema operacional a suportar o USB 3.0.

Após um ano e meio de pesquisas, a programadora, também envolvida na programação do Kernel, anunciou que a primeira versão do controlador já está disponível.
Fisl 10: expulsão por usar Linux
O software livre não é bem aceito por escolas públicas norte-americanas. A reclamação foi feita por Elizabeth Garbee, neste sábado, 27, durante a palestra Through the Looking Glass: Open Source from a Teenage Perspective.
 
"Em minha escola, usar Unix ou Linux significava expulsão imediata. Há um grande "não" para o software livre nas escolas americanas", afirma a garota de 17 anos que aos seis começou a usar software proprietário e aos nove mudou para Debian.