Tamanho da fonte: -A+A

A Transcontinetal Logística unificou sua estrutura de servidores com soluções Dell e Citrix.

O projeto é da TI da própria empresa, com consultoria da Sisnema, e interliga as operações da matriz, em Canoas, com as filiais de Campo Bom, Caxias do Sul, Rio Grande, Uruguaiana e Fortaleza.

Com investimento de R$ 350 mil, o trabalho foi finalizado no último final de semana.

“Nosso objetivo era centralizar e padronizar. Antes, tínhamos tudo distribuído. Agora, todo o controle fica nas mãos de uma só equipe”, conta Marco Antonio Kerchiner, Gestor de Infraestrutura de TI da Transcontinental.

Segundo Kerchiner, cada unidade contava com seu servidor próprio, o que dificultava o acesso às informações e exigia o dobro da equipe de TI – hoje com quatro pessoas.

“Criar autorizações de uso era muito difícil; e o acesso remoto, impossível”, complementa.

Além da redução e do melhor aproveitamento dos recursos humanos da TI, o gerente destaca a redundância na utilização dos dados – o que garante estabilidade 24/7 – economia de equipamentos e energia, como melhorias.

A manutenção também foi facilitada, sendo hoje feita remotamente a partir da matriz da empresa.

Citrix e Power Edge
O sistema usa as soluções XenServer (que permite integração, gerenciamento e automação de datacenters virtuais) e XenApp (on-demand aplication delivery), da Citrix.

No hardware, são dois servers Power Edge da Dell, que virtualizam 35 servidores, e o storage Dell Equalogic PS 4000. “Antes, eram 30 máquinas físicas espalhadas pelas unidades”, explica Giani Maldaner, diretor técnico da Sisnema.

Conforme Maldaner, e-mails e arquivos, antes acessados e mantidos localmente, agora migram para um ambiente em que podem ser abertos e gerenciados à distância, por funcionários autorizados.

Também foram feitas melhorias na infraestrutura de rede da Transcontinental, conta o executivo:

“Pra ter mais velocidade, agora está tudo em MPLS, numa  rede privada entre matriz e filiais. Bem no início era como se fossem redes locais, daí se consolidou através dessa rede, da Embratel. Com isso o pessoal tem tráfego garantido.”

A próxima etapa, diz Maldaner, deve ser o XenDesktop – que cria de áreas de trabalho virtuais.

Transcontinetal
Fundada em 1976, a empresa tem 86 mil metros quadrados de área para cargas, incluindo cargas perigosas, e instalações com desumidificadores.

Além de veículos pesados, semipesados e leves, a empresa conta com empilhadeiras e outros equipamentos para manuseio e transporte.

A empresa tem mais de 400 profissionais, e atende áreas das indústrias têxtil, alimentícia, eletroeletrônica, automotiva, farmacêutica, vinícola, química, metalmecânica, entre outras.