Luís César Verdi, presidente da SAP Brasil

A SAP Brasil teve aumento de 105,2% nas receitas com vendas de software e de 53,7% nas receitas de software e serviços relacionados (SSRS) no primeiro trimestre deste ano, em comparação com os resultados obtidos no ano passado.

“Nosso ritmo de crescimento fortalecerá ainda mais a organização no país, beneficiando cada vez mais nossos clientes, parceiros e todo o nosso ecossistema”, afirma Luís César Verdi, presidente da SAP Brasil, destacando que o país foi líder em expansão na América Latina.

O destaque do período foram as receitas obtidas com as vendas das soluções SAP BusinessObjects que representaram mais de 30% do total das receitas da SAP Brasil no período, durante o qual a taxa de crescimento dobrou em relação ao ano anterior.

“Mais da metade de nossa receita com a venda de software veio de clientes que escolheram a SAP entre outros concorrentes”, detalha Verdi. A base de clientes aumentou 34%.

Triplicar no país
Os resultados estão em consonância com a estratégia da SAP de triplicar seus negócios no Brasil nos próximos cinco anos, anunciada durante o último SAP Fórum. Se executado, o projeto fará a
subsidiária nacional a saltar da quinta para a terceira colocação no ranking mundial da multinacional, atrás apenas dos Estados Unidos e da matriz, na Alemanha.