A EMC Corporation, especializada em armazenamento e gerenciamento da informação, anuncia novas EMC Proven Solutions, ferramentas que prometem auxiliar no aumento da eficiência de TI em ambientes de bancos de dados Oracle.

De acordo com informações da empresa, enquanto as organizações recorrem à computação em nuvem para cortar custos e aumentar sua eficiência, a proposta da EMC é criar soluções que permitam aos clientes usufruir mais benefícios de seus atuais investimentos em TI e lançar as bases da nuvem privada.

Ao controlar a expansão excessiva de infraestrutura, as soluções utilizam o software EMC fully automated storage tiering para buscar extrair mais eficiência e economia de custos dos seus investimentos em TI.

Além disso, exploram tecnologias de virtualização de armazenamento, desduplicação de dados e arquivamento da EMC com vistas a melhorar a utilização de hardware, reduzir os custos de backup e recuperação e o crescimento do armazenamento de dados a longo prazo em ambientes de produção.

“É muito fácil para os fornecedores de soluções de armazenamento se encantarem com a genialidade da tecnologia. Mas, para os usuários finais, o que realmente importa é a tecnologia aplicada, e é disso que tratam as EMC Proven Solutions”, declara Mark Peters, analista sênior do Grupo de Estratégias Corporativas da EMC. 

Conselho consultivo para cloud privado

Além do lançamento das soluções, a  EMC também anunciou a criação de um Conselho Consultivo Técnico focado em análises e debates sobre futuras tecnologias e estratégias, especialmente a área de cloud privado. O grupo é formado por executivos e líderes do meio acadêmico nesta área, presidido pela direção da empresa.

 “Os clouds privados guardam a promessa de proporcionar ganhos sem precedentes em termos de eficiência operacional, qualidade do serviço e agilidade do negócio”, afirma Pat Gelsinger, presidente e COO de Produtos de Infraestrutura de Informação da EMC.

Segundo ela, a criação do Conselho Consultivo Técnico dá à EMC uma via independente para garantir a abordagem dos desafios e tendências deste setor.

“Os membros do conselho nos darão uma perspectiva externa da estratégia de tecnologia de longo prazo, orientação sobre tendências da indústria e opiniões sobre as oportunidades e as iniciativas avançadas de desenvolvimento”, destaca a executiva.

O grupo também vai debater temas como servidores, rede, armazenamento, virtualização, estruturas de dados, segurança, software middleware e computação técnica.
 
Confira a lista completa de componentes do novo conselho da EMC:
Randolph Cowen – Membro do Conselho da EMC; ex-Chief Information Officer da Goldman Sachs.
Ian Foster - Professor e Diretor do Instituto de Computação da Universidade de Chicago e do Argonne National Laboratory.
Pat Gelsinger - Presidente e Chief Operating Officer de Produtos de Infraestrutura da Informação da EMC; chairman do Conselho Consultivo Técnico.
Joseph M. Hellerstein - Professor de Ciência da Computação da UC Berkeley.
Steve Herrod - Chief Technology Officer e vice-presidente Sênior de P&D da VMware
Rod Johnson - Gerente-geral da SpringSource; vice-presidente sênior de Middleware da VMware.
Kai Li - Professor da Universidade de Princeton; fundador e cientista-chefe da EMC Data Domain.
Jeffrey M. Nick - Chief Technology Officer e vice-presidente sênior da EMC.  
Steve Pawlowski - Senior Fellow do Grupo de Arquitetura Intel; gerente-geral de Arquitetura e Planejamento Central da Intel Corporation.
Ronald L. Rivest - Departamento de Engenharia Elétrica e da Ciência da Computação do MIT.
 
Todos os membros do Conselho são nomeados para um mandato de dois anos e se reunirão regularmente. O evento inaugural acontece nesta quarta-feira, 12, durante o EMC World, conferência anual da empresa que ocorre em Boston, EUA, ao longo desta semana.