O faturamento da JME com seu Sistema de Gestão da Saúde Pública (SIS-SAP) saltou  de 6%, em 2008, para 35%, em 2009,  tornando-se a solução mais contratada da empresa porto-alegrense.

Empolgada com o resultado, a companhia anuncia um investimento de mais de R$ 1 milhão no produto nos próximos dois anos.

O valor será voltado à migração e estabilização da tecnologia Java utilizada na solução para operacionalização junto ao bancos de dados como Oracle, SQL, Server e Postgree.

“Além disso, o investimento será concentrado na implementação de novas funcionalidades e tecnologias ao SIS-SAP, como workflow, portal de gestão, integração com geoprocessamento, entre outras”, destaca Jorge Branco, diretor-presidente da JME.

Além do SIS-SAP, a JME também trabalha com o SIS-HOS - Solução Para Gestão Hospitalar. Ao todo, a companhia já implementou suas soluções em aproximadamente 100 hospitais.

Sediada em Porto Alegre, a companhia mantém presença, via franquias e parceiros, em 11 cidades da Bahia, Ceará, Piauí, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Goiânia e Mato Grosso do Sul.

Para os próximos dois anos, a meta da empresa é crescer 40%, sendo dois terços disso só por meio das franquias.

Além disso, outra fonte de crescimento é a entrada do fundo de investimento Steffen & Pozzi, que comprou 10% do capital da companhia em 2002.

Em 2009, a expansão de faturamento decorrente da entrada do fundo ficava em 340%. Já a lucratividade aumentou 30 vezes.