A Imagem fechou o ano com faturamento de R$ 74 milhões, alta de 30% frente ao resultado de 2009.

Autointitulada líder de mercado em Sistemas de Informações Geográficas (GIS) na América Latina, a empresa espera obter alta de 15% em 2011, chegando a R$ 85 milhões.

Sediada em São José dos Campos, a Imagem afirma ter 25% de participação no mercado nacional.

De acordo com nota da companhia, a alta é embalada pelo aumento das vendas de soluções ESRI e fornecimento de conteúdos geográficos (imagens e mapas).

“Crescemos em todos os segmentos em que atuamos, o que demonstra a crescente maturidade do mercado para as soluções de geoinformações”, afirma Marcos Covre, diretor executivo da empresa.

Ele destaca a expressiva ampliação da demanda por conteúdo geográfico, que superou 100% sobre os resultados de 2009, incluindo projetos para o governo de Santa Catarina.

“As empresas e as pessoas utilizam, cada vez mais, as imagens geográficas em seu dia a dia”, comemora Covre.