A Lexmark, tradicional fabricante de soluções de impressão, anuncia o reforço de sua oferta de sistemas de gestão de documentos (ECM) e gestão de processos (BPM).

Resultantes da compra da Perceptive Software, em 2010, por US$ 280 milhões, as ofertas ganham força no Brasil com o estabelecimento de parcerias como com a Green Soluções, braço da MV para o segmento de GED na área hospitalar.

A companhia da MV usa a plataforma da Lexmark para o gerenciamento eletrônico da papelada, informa o CRN.

A parceria já rendeu um case, com o hospital Sabará, de São Paulo.

A intenção, agora, é ampliar essa abordagem para desenvolvimento OEM de soluções para outras indústrias, segundo Kevin Goffinet, gerente-geral para negócios internacionais da Perspective, que acaba de visitar o Brasil.

Além disso, a Lexmark também investiu na construção de uma nova célula de negócios da as linhas de BPM e ECM em São Paulo.

Com cinco funcionários, a unidade foca a expansão das parcerias no segmento, de olho em verticais como educação e saúde.

Conforme Goffinet, o Brasil apresenta um mercado potencial de US$ 134 milhões para a área de BPM e ECM em 2012.

Já para o ano que vem, a projeção do executivo é que tal mercado movimente US$ 171 milhões em investimentos no setor.