Ricardo Nizoli

Está com todo o gás a TI da porto-alegrense Vonpar Bebidas, quarta maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil. A empresa concluiu a implantação de 50 licenças do BI QlikView para integrar todas as suas iniciativas de Business Inteligence.

Antes de adotar a ferramenta da sueca QlikTech, a companhia chegou a iniciar a implementação de outro BI, que, entretanto, não correspondeu às expectativas, especialmente no que se refere a métricas de rentabilidade de clientes e produtos.

“Optamos, então, pelo QlikView, principalmente pela abordagem de ciclo rápido de desenvolvimento, testes e entrega de relatórios gerenciais. Já conhecíamos e apostávamos em tecnologia de BI in memory, por isso foi fácil decidir por esta solução”, afirma Ricardo Nizoli, gerente da área de Desenvolvimento da TI da Vonpar.

Ainda segundo o executivo, chamou atenção a possibilidade gerada pelo BI sueco de dar autonomia de gestão da ferramenta às áreas de negócios: hoje, a TI da Vonpar se encarrega de carregar os dados na ferramenta, mas toda a parte de criação de telas, geração e publicação de relatórios, permissão de acessos, entre outras, fica a cargo dos diferentes setores usuários.

O QlikView foi implementado com parceria da Inteligência de Negócios, em um processo que levou três meses. Hoje, nove meses após a conclusão do trabalho, mais de 56 milhões de registros já foram gerados e regidos por meio da solução.

“Temos mais de 10 pastas com diferentes análises e dentro de cada visão temos várias formas de verificar a mesma informação”, detalha Nizoli. “O QlikView já possibilitou diversos quick wins (resultados rápidos) em situações de análise que, em outra plataforma, dependeriam da disponibilidade da TI e, mesmo assim, poderiam levar meses até serem descobertas pelas áreas de negócios”, enfatiza.

Com tudo isso, agora outro projeto relacionado à solução de BI in memory está em andamento na Vonpar, que trabalha na ampliação da aplicação para novas áreas de negócios. A ideia é levar, por exemplo, a ferramenta diretamente ao setor Comercial, que hoje é “cliente” do Financeiro em relação ao software.

Com a ampliação, o Comercial passará a ter autonomia sobre métricas de vendas e preço médio, entre outros recursos.

A meta é, com as novas implementações, dobrar o número de licenças do BI sueco em uso pela franqueada da Coca-Cola, que também é distribuidora da Femsa Cerveja Brasil no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

Sede de TI
E não só no BI que está o foco da TI da Vonpar: a companhia também trabalha, atualmente, em uma atualização do ERP SAP, que já está na versão 6, e em um projeto de mobilidade do qual não pode, por enquanto, revelar mais detalhes.

“Também estamos trabalhando em um sistema de simulação financeira para a área de orçamento, sobre a ferramenta Cognos”, destaca Nizoli.

A equipe de TI da empresa se divide em 23 pessoas na área de desenvolvimento – que trabalha atualmente em aplicações próprias, sobre a plataforma SAP, para a área de logística - e outras 18 no time de infraestrutura.

A Vonpar conta com duas fábricas no Rio Grande do Sul (Porto Alegre e Santo Ângelo) e uma em Santa Catarina (Antônio Carlos) e Porto Alegre- RS), além de cinco centros de distribuição em Blumenau, Joinville, Chapecó, Farroupilha e Pelotas.

A empresa gera 3.357 empregos diretos e tem participação de 10% do volume total de vendas do Sistema Coca-Cola no país.

No território gaúcho e catarinense, é líder do mercado de refrigerantes, com 59,5% de market share, segundo dados da Nielsen de abril de 2010.
 
A parceira
Já a Inteligência de Negócios, que foi parceira da Vonpar na implantação do QlikView, é Master Reseller da QlikTech no Brasil.

A companhia possui mais de 100 clientes e é responsável por mais de 1.970 licenças da solução em uso por empresas no país.

Sediada em São Paulo, a empresa acaba de abrir uma filial em Porto Alegre. A unidade é a primeira da distribuidora e, segundo o diretor Roberto Guerra, a meta é somar ao menos 20 novos clientes à carteira regional ainda em 2010 – ano em que a Inteligência de Negócios cresceu 60% só no primeiro semestre e pretende repetir o feito no próximo período.

"Hoje, atendemos a 30 clientes no Sul. Da filial porto-alegrense, uma equipe hoje formada por um gerente de contas e três consultores atenderá também à Santa Catarina e Paraná", conta Guerra. "A região representa uma fatia de 25% de nossos negócios no país. Além da filial, que em breve terá a equipe aumentada, também estamos em vias de fechar acordo com dois novos canais no Rio Grande do Sul, que já conta com uma revenda. Já no Paraná são outros três parceiros”, complementa.