A 2S Inovações Tecnológicas anuncia a expansão de sua oferta de service desk. Agora, a infraestrutura da companhia permite atender até 10 mil chamados por mês, no esquema 24x7.

Com a novidade, a expectativa é de que, até dezembro, a nova área represente 12% do faturamento anual da companhia.

“Realizamos investimentos em infraestrutura e na contratação de profissionais com experiência em TI, metodologias e processos”, afirma Renato Carneiro, presidente da 2S.

De acordo com Marcell de Arrais, responsável pela área de Serviços Gerenciados da empresa, por meio de processos e de práticas do ITIL, a integradora criou um ciclo de resolução de atendimento que evita as causas apontadas pelo Gartner como principais na geração de indisponibilidade dos ambientes de TI das empresas: aplicações não testadas, má gerência de mudanças, sobrecarga de processamento, falhas em procedimentos e alertas e erros relacionados à segurança ou às rotinas de backup.

No novo serviço, a 2S garante cumprimento rígido de SLA, emissão de relatórios gerenciais e operacionais periódicos, mobilidade na substituição de recursos, redundância de toda a infraestrutura, de energia e contingência, independente do tipo de demanda do cliente.

“Nossa área de service desk ficou muito fortalecida quando ganhamos um projeto em um grande cliente, da área de bebidas e refrescos, que teve a demanda de um full outsourcing para unificar a prestação de serviços. Hoje, a média de chamados varia de 6 mil a 9 mil por mês”, explica Arrais.

O cliente, segundo o executivo, é uma multinacional que possui mais de 90 unidades, entre fábricas e filiais, espalhadas pelo Brasil, América Latina e outros países.

A integradora atua, ainda, em outras áreas, como serviços e soluções de comunicações unificadas, outtasking/outsourcing, virtualização de servidores, controle e proteção do vazamento de informações confidenciais, gerenciamento de ambientes, compliance, design e implantação de projetos e licenciamento de software.

Na carteira de parceiros, constam fabricantes como Cisco, Microsoft, Symantec e  Tandberg.