F5 Networks fatura US$ 290,7 milhões no 3T11

02/08/2011 10:53

A F5 Networks, especializada em soluções de ADN (Application Delivery Networking), tecnologia para entrega de aplicações rodando em ambiente web, encerrou o terceiro trimestre de 2011 com receita de US$ 290,7 milhões, alta de 26,1% ano/ano.

O ano fiscal de 2011 da companhia começou em outubro de 2010.

Segundo André Mello, diretor geral da F5 no Brasil, no último trimestre o lucro líquido GAAP geral foi de US$ 62,5 milhões, ou US$ 0,77 por ação diluída.

Tamanho da fonte: -A+A

A F5 Networks, especializada em soluções de ADN (Application Delivery Networking), tecnologia para entrega de aplicações rodando em ambiente web, encerrou o terceiro trimestre de 2011 com receita de US$ 290,7 milhões, alta de 26,1% ano/ano.

O ano fiscal de 2011 da companhia começou em outubro de 2010.

Segundo André Mello, diretor geral da F5 no Brasil, no último trimestre o lucro líquido GAAP geral foi de US$ 62,5 milhões, ou US$ 0,77 por ação diluída.

Um ano atrás, o lucro havia sido de US$ 40,5 milhões, ou US$ 0,50 por ação.

“As fortes vendas da região APAC e Japão, em particular de produtos high-end, foram responsáveis pela maior parte do crescimento da receita do trimestre”, afirma Mello.

O executivo explica, ainda, que a receita da região EMEA decresceu em relação ao trimestre anterior, enquanto nas Américas houve um “ligeiro aumento”.

Durante o terceiro trimestre, a F5 contratou 95 funcionários, sendo que um terço deles para atuar na área comercial e suporte de vendas.

“Ao mesmo tempo, a produtividade em toda a organização permitiu obter uma margem de lucro operacional não-GAAP de 38,2%”, detalha o diretor para o Brasil.

Também no 3T11, a companhia incrementou o portfólio, iniciando a venda do Viprion 2400, controlador de distribuição de aplicações baseado em chassi que oferece funcionalidades da arquitetura da linha Viprion por preços intermediários da família ADC de produtos.

“Tanto os clientes corporativos quanto os fornecedores de serviço expressaram interesse crescente por este produto e esperamos que as vendas continuem crescendo progressivamente ao longo dos próximos trimestres”, explica Mello.

Outro lançamento está previsto para breve: a versão 11.0 do sistema operacional TMOS, que traz mais de 150 novas funcionalidades, a maioria dirigidas a fornecedores de serviços, além de novos templates de aplicações com suporte para multiprocessamento clusterizado virtual.

Projeções
Para o trimestre atual, que termina em 30 de setembro, a F5 prevê obter receita entre US$ 307 e US$ 312 milhões.

Já para o lucro líquido GAAP, a projeção é de US$ 0,75 a US$ 0,77 por ação diluída.

A F5 Networks tem sede em Seattle e oferece soluções de balanceamento de carga entre servidores, entre links de internet e entre data centers.

Também fazem parte do portfólio firewall de aplicação, VPN SSL e ferramentas de gerenciamento de storage.

No Brasil, a empresa está desde 2001, através de distribuidores e revendas, e desde 2005 com subsidiária oficial, em São Paulo.
 

Veja também

Terra adota solução Viprion da F5 Networks

O portal Terra adotou a solução Viprion, da F5 Networks.

Segundo a empresa, a ferramenta já reduz em mais da metade o consumo de energia, e garante o fornecimento de altos níveis de throughput e transações por segundo a um ambiente em constante expansão.

O Viprion faz parte da família BIG-IP da F5 Networks.

IPconnection e F5 Networks: foco em ADN
Com foco na demanda de ADN – Application Delivery Network, a IPconnection, integradora de TI e Telecom, reforça a parceria iniciada em 2008 com a F5 Networks, fornecedora de aplicativos de segurança.

Pelo acordo a IPconnection oferecerá toda a linha de soluções da F5, sendo que o CEO da integradora, Alexandre Otto, espera que em 2010 a aliança represente 15% da receita.
F5 Networks pronta para MS Exchange 2010
A F5 Networks anuncia nesta quarta-feira, 09, o lançamento do F5 Application Ready Solutions for Microsoft Exchange Server 2010.

“As novas soluções da F5 ajudam a corporação a explorar plenamente os novos recursos do Exchange 2010, garantindo a alta disponibilidade do sistema de mensagens", garante André Mello, Diretor Geral da F5 Brasil.
Fortune 500: 83% usam ADN da Blue Coat
Quatro entre cada cinco das 500 maiores empresas do mundo listadas pela revista Fortune utilizam a plataforma ADN - Application Delivery Network da californiana Blue Coat Systems, segundo comunicado divulgado pela empresa nesta quarta-feira, 29.

Segundo a companhia, no ranking Fortune de 2009 são clientes Blue Coat:

- os 25 maiores bancos comerciais do mundo;
- os 20 maiores provedores de telecomunicações;
- as 12 maiores empresas farmacêuticas;
- 15 das 16 maiores empresas de eletrônica;
Autodesk ADN tem time local no Brasil

A Autodesk nomeou uma coordenação local e equipe de apoio dedicadas a ampliar o programa Autodesk Developer Network no Brasil, hoje com 25 empresas participando.

O responsável pela nova área é Sílvio Guido, profissional vindo da HP, onde atuou por 13 anos e era gerente de marketing de canais da empresa.

Em todo mundo, 3 mil empresas participam do programa, no qual os integrantes atuam diretamente com a Autodesk no desenvolvimento de software.