A CSN internalizou os serviços de call center e help desk, além da hospedagem de aplicações, gestão de conteúdo e licenciamento da sua Intranet.

A migração dos nove sites foi feita em seis meses pela Neoris usando a plataforma SAP NetWeaver Enterprise Portal - que já vinha sendo utilizando na intranet.

Com a mudança, a siderúrgica espera uma economia anual de R$ 375 mil em serviços de hospedagem e suporte de terceiro nível, além de verticalizar as soluções de intranet e internet  na plataforma SAP.

Além disso, a partir de 2012, a CSN espera obter uma economia de R$ 280 mil por ano com licenciamento.

“O maior desafio do projeto foi a migração do conteúdo: são 800 páginas no total, com média de 80 mil visitas por mês e tem 200 a 400 Mb de dados transferidos por hora”, revela Rafael Martins Menezes, analista de Tecnologia da Informação da CSN.

Dona de um faturamento de R$ 14,5 bilhões em 2010, a CSN conta com uma usina siderúrgica integrada, cinco unidades industriais (duas delas no exterior), minas de minério de ferro, calcário e dolomita, uma distribuidora de aços planos, terminais portuários, participações em estradas de ferro e em duas usinas hidrelétricas.