Tamanho da fonte: -A+A

A prefeitura de Porto Alegre assina nessa quinta-feira, 31, um protocolo de intenções com a UFRGS para garantir o subsídio à instalação e implantação de uma sede da Incubadora Tecnológica Héstia em Porto Alegre.

Criada em 2004, a incubadora tem a finalidade de incentivar projetos em tecnologia e inovação.

Segundo o secretário municipal de Inovação e Tecnologia, Newton Braga Rosa, a expectativa é que a nova unidade da incubadora consiga agregar laboratórios e centros de pesquisas e capacitação.

Não há, ainda, prazos para início das obras.

Conforme informado pela assessoria de imprensa da Inovapoa, a área da nova sede, que deverá ficar nas proximidades do Colégio Rosário, ainda passará por avaliações da secretaria municipal do Meio Ambiente para determinar a possibilidade de instalação.

Hoje, a Incubadora tem duas unidades, uma localizada no Centro de Tecnologia e outra no Instituto de Física da universidade.

São seis empresas incubadas:Innatu, InfiniTI, Answers Engenharia, FazCI, Jomon e STE.

O foco é o desenvolvimento de produtos e serviços na área de engenharia.