Representantes da PUC-RS estão na Europa, visitando polos audiovisuais em busca de experiências interessantes para o  Centro Tecnológico de Produção Audiovisual (CTPAV), que funcionará no Tecnopuc, no Campus de Viamão.

Participam da comitiva pela Faculdade de Comunicação Social (Famecos), o professor João Guilherme Barone, coordenador do curso de Produção Audiovisual e a professora Aletéia Selonk, coordenadora do projeto do CTPAV pela PUCRS e Júlio Ferst, gerente do Tecnopuc do Campus de Viamão.

As visitas começaram pela França, com os principais centros especializados em animação, como o La Cartoucherie, em Valence, bem como as principais escolas de cinema, FEMIS e Louis Lumiére. Na Espanha e na Itália, o roteiro inclui centros tecnológicos dedicados ao audiovisual, como o projeto Eiken, em Bilbao, e a nova estrutura da Cinecittá, em Roma.

O CTPAV é uma parceria entre a Fundação Cinema RS, Fundacine, PUC-RS, integrado ao Tecnopuc e governo do estado.

O objetivo é formar centro de referência para a atividade audiovisual brasileira, com ênfase na tecnologia e baseado na integração entre universidade, empresas e governo, nos moldes dos parques tecnológicos de TI.

Viamão
A terceira fase da expansão do Tecnopuc ocupará 33 mil metros quadrados do antigo seminário marista de Viamão, localizado em uma área total de 15 hectares.

Atualmente, estão no seminário 11 empresas incubadas na Raiar e as atividades de pesquisa e desenvolvimento de uma companhia.