TI e eletrônica puxam lucro da Zona Franca

18/07/2011 11:35

Os setores de eletroeletrônico e produtos de informática, além de motocicletas e bicicletas geraram faturamento recorde à Zona Franca de Manaus entre janeiro e maio deste ano: US$ 16,3 bilhões, alta de 22,85% ano/ano.

O dado é da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Nos cinco primeiros meses deste ano, o setor de bens de informática da região faturou US$ 1,7 bilhão, aumento de 35,94% sobre igual período de 2010.

Tamanho da fonte: -A+A

Os setores de eletroeletrônico e produtos de informática, além de motocicletas e bicicletas geraram faturamento recorde à Zona Franca de Manaus entre janeiro e maio deste ano: US$ 16,3 bilhões, alta de 22,85% ano/ano.

O dado é da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Nos cinco primeiros meses deste ano, o setor de bens de informática da região faturou US$ 1,7 bilhão, aumento de 35,94% sobre igual período de 2010.

Já as fábricas de eletroeletrônicos faturaram US$ 5,2 bilhões, expansão anual de 14,28%.

Segundo divulgado pela Suframa, no ano passado a Zona Franca alcançou US$ 33 bilhões de receita, e, para 2011, a meta é chegar a US$ 40 bilhões, alcançando um recorde histórico.

Ainda conforme a entidade, entre os itens produzidos na Amazônia o destaque são os televisores de tela de cristal líquido (LCD).

A produção superou 3,4 milhões de unidades entre janeiro e maio deste ano, aumento de 13,46% frente os 3 milhões de aparelhos montados no ano passado.

Nos telefones celulares, o crescimento da produção foi de 46,3% ano/ano, totalizando quase 10 milhões de unidades produzidas nos primeiros cinco meses de 2011.