Ilegra: TI em palestras grátis na Dom Bosco

16/06/2011 14:03

A Ilegra realiza, pela segunda vez, um ciclo de palestras gratuitas para o curso de Sistemas da Informação da Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre.

Os encontros, que fazem parte do programa Unilegra, acontecerão na segunda-feira, 20, e terça, 21, no auditório principal da Dom Bosco (Marechal José Inácio da Silva, 355, Passo d'Areia).

A participação é aberta não só a estudantes e docentes da faculdade, mas também ao público externo.

Tamanho da fonte: -A+A

A Ilegra realiza, pela segunda vez, um ciclo de palestras gratuitas para o curso de Sistemas da Informação da Faculdade Dom Bosco de Porto Alegre.

Os encontros, que fazem parte do programa Unilegra, acontecerão na segunda-feira, 20, e terça, 21, no auditório principal da Dom Bosco (Marechal José Inácio da Silva, 355, Passo d'Areia).

A participação é aberta não só a estudantes e docentes da faculdade, mas também ao público externo.

Os temas tratados serão, respectivamente: “Desenvolvimento ágil em XP”, ministrada por Diego Pacheco, arquiteto de software da Ilegra, e “Processos em uma empresa criativa”, por Vinícius Weckesle, analista de processos da empresa porto-alegrense.

Ambas as palestras têm início às 19h30.

O programa Ilegras nas Universidades (Unilegra) foi lançado em 2009 e é voltado a estudantes do ensino técnico e superior.

Desde a criação do projeto, já foram realizadas 33 palestras gratuitas, que contemplaram mais de 1,4 mil alunos em instituições de Porto Alegre – sede da Ilegra - e Região Metropolitana.

O programa também conta com um blog, que pode ser acessado pelo link abaixo e traz os temas apresentados nas palestras, perfil dos palestrantes e outras informações de interesse do meio acadêmico.
 

Veja também

Ilegra foca em portais e nuvem Microsoft

A porto-alegrense Ilegra ampliou o portfólio, apresentando serviços integrados para portais e colaboração, plataforma de dados e nuvem da Microsoft.

Projeto Ilegra visa universidades e TI

Ilegra, especializada em TI e desenvolvimento de software, busca universidades interessdas em receber palestras neste segundo semestre.

A iniciativa oferece gratuitamente às instituições de ensino, ciclo de palestras e encontros com profissionais de empresa, promovendo a integração do aluno com o mercado de trabalho.

BITS: Ilegra inova com interatividade

A Ilegra inovou em seu estande na BITS, que ocorre na Fiergs, em Porto Alegre, até a quinta-feira, 12.

Em vez dos tradicionais panfletos de apresentação das empresas, a companhia gaúcha expõe um “livro virtual” que, em projeção, permite ao visitante consultar toda a história da Ilegra.

Ilegra abre nos EUA

A porto-alegrense Ilegra acaba de inaugurar um escritório nos Estados Unidos.

A unidade é peça-chave da estratégia da empresa para se tornar um player de atuação global, o que já vem acontecendo: em 2010, cerca de 30% dos negócios da empresa vieram de contratos no exterior, onde a carteira traz nomes dos setores de informação e comunicação.

Jovens Talentos Ilegra tem novas capacitações

A Ilegra, empresa especializada em TI, ampliou as formações oferecidas no programa Jovens Talentos com a inclusão das capacitações em desenvolvimento Oracle Apex e SAP.

O programa oferece ainda capacitação em administração de bancos de dados, sistemas web e Java.

Nesta quarta edição, que foi aberta no início do ano, a Ilegra realizou uma semana de treinamento com os participantes do projeto. Desse treinamento, doze integrantes foram selecionados.

Ilegra: SOA, cloud, smartphones e tablets

A Ilegra acaba de lançar o iyond, uma nova área de negócios que visa combinar uma série de serviços e tecnologias, incluindo design arquitetura orientada a serviços, cloud computing até a criação de aplicativos para smartphones e tablets.

A empresa vai desenvolver os projetos usando metodologias ágeis, com entregas  contínuas e freqüentes e cobrança de um fee mensal no lugar da tradicional taxa homem hora.

Ilegra cresce 50% e foca SP e mercado externo

A porto-alegrense Ilegra expandiu seu faturamento em 50% em 2010, sobre o ano de 2009, alcançando R$ 12 milhões.

Segundo o diretor Comercial, Roger Muller, o crescimento da economia e a queda do dólar foram os fatores que mais influenciaram o bom resultado, incentivando principalmente as exportações.

“Os negócios realizados no exterior representaram 32% do nosso faturamento, enquanto a expectativa inicial era de 24%”, afirma o executivo.

Ilegra: cliente controla trabalho no iPhone

A Ilegra lançou um aplicativo para iPhone pelo qual seus clientes podem controlar horas trabalhadas, porcentagem de finalização do trabalho; tickets abertos, situação financeira, além de conferir as últimas notícias da empresa e ter um contato direto.

O aplicativo foi criado pelo time interno de Marketing da companhia gaúcha, assim como um catálogo de serviços baseado em iPad.

Mais SAP na Ilegra

Os negócios ligados a tecnologia SAP estão em alta na Ilegra.

As vendas de soluções customizadas utilizando plataformas web e Netweaver, licenças de Business All in One e da solução para gestão da manutenção de plantas e-PM, que funciona integrada ao módulo PM do ERP SAP, devem representar 12% de um faturamento estimado em R$ 12 milhões em 2010.

Ilegra lança DBA como serviço

A Ilegra lança a oferta de DBA as a Service (DBAaaS), modelo de infraestrutura de banco de dados que, segundo o diretor da empresa porto-alegrense, Ivã Boesing, é capaz de atingir um tempo de resposta para o cliente de cinco minutos, um terço do tempo mínimo praticado pelo mercado.

Já em relação à economia, no DBAaaS o contrato tem custo mensal fixo, além da eliminação de custos com recrutamento, treinamento e retenção de recursos humanos.

Unisinos e Mãe de Deus lançam universidade

Com investimento inicial de R$ 10 milhões em infraestrutura e laboratórios, a Unisinos em o Sistema de Saúde Mãe de Deus firmaram uma parceria para da Escola Superior de Saúde, em Porto Alegre.

Até 2014, a meta é atender mais de dois mil alunos em cursos de graduação, especialização, mestrado e extensão.  

Classe D é o dobro da A em universidades

No ensino superior, alunos provenientes da classe D já contabilizam o dobro dos da classe A, é o que informa o site Agência Estado.

De acordo com um estudo publicado pelo instituto Data Popular, no ano de 2002, 180 mil estudantes da camada D estavam matriculados em universidades públicas e privadas do país. Em 2009, eles somavam 887,4 mil.

A pesquisa apontou que o segmento mais rico reduziu pela metade o ingresso em faculdades no mesmo período, totalizando apenas 423, 4 mil graduandos.

Feevale agora é universidade

 A Feevale foi credenciada como universidade pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira, 05, colocando fim a uma espera que já durava cinco anos.

“A comunidade da região está de parabéns por mais uma conquista conseguida através do trabalho e da perseverança desta gente”, comenta o presidente da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo (Aspeur), mantenedora da Feevale, Argemi Machado de Oliveira.

Totvs: parceria com universidades dos EUA

A Totvs acaba de firmar uma parceria com duas universidades da Califórnia, ambas referências na área de TI: a Universidade de Stanford e a San Jose State (SJSU).

Com as parcerias firmadas no Vale do Silício, a meta da companhia é agregar a seus produtos e serviços as características exatas para garantir a conquista de clientes internacionais, fazendo frente, também fora da América Latina, a concorrentes como SAP, Oracle, Infor e Microsoft, informa o Valor Econômico.

Universidades têm R$ 100 mi do Banrisul

O Banrisul e o Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung) assinaram, nesta segunda-feira, 17, um acordo que disponibiliza recursos de R$ 100 milhões para capital de giro, investimentos e reestruturação financeira das instituições de ensino superior associadas à entidade.