Tamanho da fonte: -A+A

A Citrix Systems anunciou nesta quarta-feira, 15, o lançamento de um fundo de investimento de capital inicial com sede no Vale do Silício e destinado às empresas iniciantes (early-stage) de todo o mundo.

Chamado de Citrix Startup Accelerator, o fundo tem foco em novos modelos de negócios com potencial para expandir o portfólio de soluções de computação virtual da Citrix.

O Startup Accelerator irá investir em inovação empresarial liderada por empreendedores, fornecendo capital inicial para as empresas participantes, além de acompanhamento, subsídio para escritório e acesso ao ecossistema de parceiros e clientes globais da Citrix.

Essa não é a primeira vez que a empresa investe em aquisições de tecnologias no Vale do Silício. Empresas como Kaviza, NetScaler e XenSource já passaram pelo processo.

Martin Duursma, vice-presidente do Citrix Labs e presidente do CTO da Citrix, liderará o fundo.

"Empreendedores são os principais motivadores da inovação e da geração de empregos", declara Duursma.

A cada ano até 12 empresas serão convidadas a fazer parte da iniciativa por um período de até 18 meses.

As empresas participantes não precisam estar sediadas no Vale do Silício e serão identificadas em todo o mundo; porém, serão incentivadas a mudar para as instalações do Citrix Startup Accelerator.