A oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglê) de ações da Droga Raia teve participação majoritária de investidores estrangeiros, que ficaram com 64,8% do total.

O valor inicial atingiu R$ 654,69 milhões, ao preço de R$ 24 por ação, informa o site Exame.com.

O lote suplementar atingiu 15% ou 3,55 milhões das ações inicialmente ofertadas.

Conforme o anúncio de encerramento da oferta, publicado nesta sexta, 247 investidores estrangeiros adquiriram 17.677.799 ações.

O segundo maior conjunto de participantes da oferta foi o de fundos de investimento, onde 229 investidores compraram 26,37% ou 7.193.330 papéis.

De acordo com a Exame, a quantidade total de ações subscritas inclui 3.205.000 que foram adquiridas pelo Credit Suisse Securities como forma de proteção para operações com derivativos realizadas no exterior, além de 1.695.000 comprados pelo Itaú USA Securities, com o mesmo propósito.

O IPO tem como coordenador líder o Itaú BBA, o Credit Suisse e o BB Banco de Investimento.