Os funcionários da Proteport, empresa terceirizada que atende o Disque-Detran, pararam suas atividades por duas horas nesta quarta-feira, 09. Os serviços já estão normalizados.

De acordo com comunicado do Sindppd-RS, trata-se de um protesto pelo não pagamento dos vale-alimentação desde o dia 20 de agosto e o atraso do último mês de salário.

Por meio da sua assessoria de imprensa, o Detran-RS informou que está exigindo o cumprimento das cláusulas contratuais e tomando as providências administrativas cabíveis.

O Disque-Detran oferece informações sobre situação do veículo, habilitação e infrações, entre outras.

Troca
Segundo informa o Sindppd-RS os problemas teriam começado com a troca da terceirizada Plansul pela Proteport, em 19 de agosto.

Na ocasião, os funcionários da empresa que teve o contrato encerrado foram demitidos e recontratados pela Proteport, com menos salários e atraso no pagamento de benefícios.

“Não houve licitação pública para contratar a nova empresa terceirizada. Situação que se agrava devido às inúmeras denúncias de corrupção e de desvio de dinheiro no Detran”, acusa a nota do sindicato.

Segundo explica o Detran-RS, por meio de nota, o contrato com a Plansul terminava no dia 19 de agosto e a Proteport assumiu o contrato por meio de contratação emergencial, com dispensa de licitação em disputa com outras seis empresas, sendo que foi a que ofereceu menor preço.