Tamanho da fonte: -A+A

O Núcleo Tecnológico de Energia Solar (NT-Solar) da PUC-RS iniciou no mês de agosto a produção das primeiras 11 placas fotovoltaicas que transformam energia solar em elétrica já fabricadas no Brasil. Elas devem ser entregues até dezembro.

Segundo os coordenadores técnicos do projeto, professor Adriano Moehlecke e professora Izete Zanesco, da PUCRS, serão fabricadas 200 placas fotovoltaicas para serem instaladas nas empresas financiadoras do projeto.

“Para produção em escala industrial será necessária a criação de uma indústria. Achamos que, neste caso, a produção anual poderia ser entre 10 a 50 MW por ano, dependendo dos recursos investidos”, comenta Moehlecke.

O que é
Com investimentos de R$ 6 milhões, o projeto Planta Piloto está desenvolvendo um plano de negócios para células solares e módulos fotovoltaicos, mercado de energia limpa que mais cresce no mundo, atingindo taxas de 85% ao ano.

Iniciado em 2004, o projeto-piloto desenvolveu dois tipos de tecnologias para a fabricação das células solares em silício cristalino, sendo uma de baixo custo e com uma eficiência máxima de 13,4%; e a outra, com eficiência de 15,4%. A média mundial de eficiência deste tipo de célula é de 14%.