A Feevale foi credenciada como universidade pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira, 05, colocando fim a uma espera que já durava cinco anos.

“A comunidade da região está de parabéns por mais uma conquista conseguida através do trabalho e da perseverança desta gente”, comenta o presidente da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo (Aspeur), mantenedora da Feevale, Argemi Machado de Oliveira.

O pedido da Feevale – que acaba de completar 40 anos - foi aprovado por unanimidade. As universidades privadas existem no Brasil desde 1946 e hoje somam 90.

Hoje a nova universidade gaúcha conta com mais de 40 cursos de graduação, cerca de 35 cursos de especialização, quatro mestrados e um doutorado.

Além disso, são treze grupos de pesquisa atuando em diversas áreas do conhecimento, com mais de 80 pesquisadores e 27 linhas de pesquisa credenciadas pelo CNPq, em 81 diferentes projetos de pesquisa.

A transformação de centro universitário em universidade exige a criação de mestrados, doutorados e a contração de professores com dedicação exclusiva à instituição. Além de ser uma mudança no status, significa também mais autonomia na área de pesquisa e criação de novos cursos.