Tamanho da fonte: -A+A

Seprorgs e Assespro-RS acabam de criar um grupo de trabalho em comum, focado nas áreas de automação comercial e fiscal.

A iniciativa visa a congregar todas as empresas associadas às duas entidades que atuem no desenvolvimento de sistemas e aplicativos que tenham integração com impressoras fiscais (ECFs) e exigências fiscais (NF-e, Sped etc).

“Com isso, será possível promover reivindicações e cuidar dos interesses desse grupo de empresas para fazer frente às inúmeras, complexas e muitas vezes absurdas exigências que os fiscos municipal, estadual e federal estão impondo”, afirma Reges Bronzatti, presidente da Assespro-RS.

Já Edgar Serrano, presidente do Seprorgs, destaca que, para tanto, é necessário empenho do próprio empresariado.

“Os empresários precisam dispor de uma pequena parcela de tempo para participar do grupo e organizar uma frente que possa, através da estrutura e capilaridade das entidades representativas, executar ações para impedir que fiquemos em segundo plano ou não sejamos ouvidos na formulação de regras e exigências diversas”, enfatiza Serrano.

O grupo, conforme os dois gestores, também vai tratar de assuntos relacionados a fabricantes de equipamentos para as áreas de automação comercial e fiscal.

O ex-presidente da Assespro-RS e ex-dirigente do Seprorgs, Ricardo Kurtz, lembra que esta não é uma empreitada nova.

“A Assespro Nacional, há muitos anos  acompanha isso, só que com atuação restrita,  praticamente, ao presidente e a um diretor da regional mineira,  que participou de diversas reuniões junto a vários órgãos, o que é fundamental em definições como NF-e nacional e PAF-ECF”, afirma Kurtz.

A criação do novo grupo descentraliza a discussão, ampliando o escopo de interessados envolvidos, comenta ele.

Um encontro para reunir empresas interessadas em participar do grupo será realizado na terça-feira, 22, às 16h, na sede do Seprorgs.