Mais de seis meses depois do anúncio oficial da fusão, o Grupo Pão de Açúcar anunciou nesta sexta-feira, 02, ter chegado a um acordo com a Casas Bahia para dar seguimento ao negócio.

De acordo com os termos do documento de “cisão parcial”, as operações da Casas Bahia serão integradas ao Ponto Frio e às lojas Extra-Eletro do conglomerado do empresário Abílio Diniz, formando a Nova Casas Bahia, que concentrará as operações de bens duráveis.

A Casa Bahia e Nova Casa Bahia pagarão um aluguel de R$ 140 milhões anuais à família Klein, antiga dona das Casas Bahia, que seguirá dona dos móveis.