A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira, 1 de março, o reajuste de 45% na parcela relativa a filhos, nos benefícios pagos pelo Programa Bolsa Família.

Conforme o site Exame.com, a decisão do aumento corresponde ao fato de que 34% a 35% das famílias mais pobres têm como chefe uma mulher.

Atualmente, programa atende 12,9 milhões de famílias, que recebem de R$ 22 a R$ 200.

O Bolsa Família, que não era reajustado desde 2009, terá gastos de R$ 2,1 bilhões.

"Vamos beneficiar quem tem mais filhos", comentou a presidente.

De acordo com a Exame, o decreto concedendo o reajuste foi assinado em Irecê, no sertão da Bahia, em cerimônia de comemoração ao mês da mulher.