Tamanho da fonte: -A+A

Steve Jobs postou, na quinta-feira, 30, uma carta aberta sobre o Flash no site da Apple, na qual enumera as razões pelas quais não há suporte para a tecnologia no iPad, iPhone e iPod Touch.

Além de questionar a performance, confiabilidade e segurança do sistema, Jobs declarou que o Flash é uma relíquia, criada durante a era dos PC’s mas que não está adequada a era móvel.

"A era móvel é sobre dispositivos com baixo consumo de energia, interfaces de toque e padrões abertos da web - todas as áreas em que o Flash é insuficiente", escreveu Jobs. A carta na íntegra está disponível no link relacionado abaixo.

Nesta sexta-feira, 30, o executivo-chefe da Adobe, Shantanu Narayen, classificou as críticas como um "ataque extraordinário" por parte de Jobs.

Em entrevista ao jornal "The Wall Street Journal", o executivo declarou que a preocupação da Apple reside no fato de que o software de aplicações da Adobe é composto para múltiplas plataformas, e não como algo exclusivo, de acordo com a vontade de Jobs.

"Temos diferentes visões de mundo. Nossa visão de mundo é multiplataforma”, disse Narayen.