Tamanho da fonte: -A+A

O Mercado Eletrônico encerrou 2011 com crescimento de 10% no volume de pedidos transacionados em seu portal de e-Procurement, chegando a R$ 60 bilhões transacionados.

A página reúne uma 100 grandes empresas compradoras e mais de 60 mil fornecedores.

Entre os setores mais procurados no portal, estão: indústria de transformação; construção; serviços prestados a empresas; transporte, armazenagem e comunicações; alojamento e alimentação.

Os clientes compradores do Mercado Eletrônico que mais fizeram pedidos por meio da plataforma foram Grupo Saint Gobain, Oi, Amil-Medial, JBS e Grupo Pão de Açúcar.

Outro destaque nos resultados de 2011 foi o crescimento da receita nos serviços oferecidos aos fornecedores. O faturamento vindo desta comunidade registrou aumento de 21% se comparado ao período anterior.

O Mercado Eletrônico também apresentou evolução de 6% em sua receita, resultados que estavam dentro da expectativa diante da priorização dos investimentos.

Em 2012, o Mercado Eletrônico projeta crescimento de 30%, além da expansão da área de atuação e da base de clientes.